Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Música erudita tomará Belém durante a semana

segunda-feira, 03/06/2013, 05:56 - Atualizado em 03/06/2013, 05:57 - Autor:


Desde ontem, Belém voltou a ser a capital da música na Amazônia. Com a abertura do XXVI Festival Internacional de Música do Pará, que segue até o próximo domingo (9), a cidade está repleta de concertos, recitais e shows musicais. Igrejas, teatros e casas de shows da capital recebem apresentações que, este ano, celebram os compositores Giuseppe Verdi, Richard Wagner, Johannes Brahms, Benjamin Britten e o brasileiro Almeida Prado. Todas as apresentações são gratuitas.


Ontem pela manhã, a prévia da abertura oficial do Festival, que ocorreu à noite, começou de forma grandiosa. A apresentação da Banda Sinfônica do Conservatório Carlos Gomes, aplaudida de pé, levou ao Theatro da Paz diversas famílias que passeavam pela praça da República. Para o pianista Paulo José Campos de Melo, superintendente da Fundação Carlos Gomes e um dos organizadores do festival, a primeira apresentação do dia foi uma prova de que a edição deste ano será um sucesso. “O fato de o público ter entrado para conhecer o teatro e ter ficado até o final é sinal realmente de que as pessoas estão interessadas em prestigiar o evento”.


Jonatas Pereira, de apenas 18 anos, encarou a responsabilidade de ser solista pela primeira vez diante do Theatro da Paz lotado. Apesar de tocar trompete há dez anos, o músico não escondeu que estava nervoso. “O público soube se comportar muito bem, fez silêncio, soube esperar para aplaudir, prestou atenção e isso acalmou a gente. Estão de parabéns”.


Uma das grandes novidades do festival deste ano é uma apresentação experimental da ópera ‘La Traviata’, idealizada pela cantora lírica paraense Jena Vieira. O superintendente da Fundação Carlos Gomes é quem executará e partitura original da peça, com direito a improvisação e interação com o filme mudo ‘A Dama das Camélias’. “É produção que mistura elementos da música, teatro e audiovisual e tem a participação exclusiva de artistas paraenses”, explica Paulo José. O público poderá conferir o resultado da montagem hoje e amanhã, às 19h, no Teatro Cláudio Barradas.


Além das atrações musicais, o Festival Internacional de Música também abre espaço para profissionais e estudantes de música que queiram aprimorar conhecimentos. Vários cursos, palestras e oficinas são realizadas paralelamente.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS