Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Nas ruas da Belém da memória

terça-feira, 21/05/2013, 07:12 - Atualizado em 21/05/2013, 07:14 - Autor:


A edição deste ano do Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia encerra no próximo domingo, mas ainda dá tempo de aproveitar a ampla programação oferecida pelo projeto - inteiramente gratuita. Hoje, o pesquisador Aldrin Figueiredo ministra palestra com o tema “Entre o rosto da cidade e o rosto do povo: história e fotografia em Belém do Pará no século XIX”, no Instituto de Artes do Pará, a partir das 19 horas.No encontro, Aldrin vai apresentar uma análise das imagens e representação da cidade de Belém e de seus moradores na fotografia do século XIX, assim como os debates em torno da narrativa visual do texto imagético e das possibilidades interpretativas no campo da história social da arte, do ponto de vista documental e artístico. 


Aldrin Figueiredo é professor da Faculdade de História da UFPA, como pesquisador desenvolve trabalhos que buscam conexões entre a história cultural, as artes visuais e o ensaio crítico. Atualmente vem se dedicando ao estudo das artes plásticas e literárias na Amazônia nos séculos XIX e XX, Patrimônio histórico, memória e acervos da imigração estrangeira na Amazônia, diáspora cultural africana na Amazônia e a história social da intelectualidade amazônica (séculos XVIII-XX). 


O professor já realizou curadorias e consultorias em diversos projetos com instituições brasileiras e estrangeiras. Coordena o Grupo de Pesquisa em História Social da Arte (UFPA/CNPq). É professor dos programas de pós-graduação em História Social da Amazônia e de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Pará.


O Prêmio Diário Contemporâneo se dedica à imagem em suas mais diversas manifestações no campo da arte. Para isso, garante espaços de visitação abertos durante todo o período da programação, que dura em média três meses. Compõem as atividades do projeto este ano três mostras, palestras e oficinas, desenvolvidas desde o início de março.


Na Casa das Onze janelas é possível visitar os trabalhos premiados e selecionados nesta edição. No Museu da UFPA, duas exposições estão abertas ao público até o próximo domingo: “Cenário e personagem” que reúne obras da mais recente produção paraense; e “Românticos de Cuba”, com fotografias inéditas de Walda Marques.


A curadoria é assinada por Mariano Klautau Filho. Segundo ele, o prêmio desempenha um papel fundamental dentro do cenário artístico paraense ao abrir diálogo com a produção brasileira e reunir obras nos mais variados suportes e modos de representação, além de propor reflexão e troca de experiência por meio de visitas mediadas, palestras, minicursos e oficinas. (Com assessoria)


Participe


Hoje, às 19h, palestra: “Entre o rosto da cidade e o rosto do povo: história e fotografia em Belém do Pará no século XIX”, com o professor Aldrin Figueiredo. Local: Instituto de Artes do Pará. Praça Justo Chermont, 236 (ao lado da Basílica Santuário).


Informações: 3225-2860. 


Ainda dá tempo: A mostra “Homem Cultura Natureza” está aberta na Casa das Onze Janelas, na Praça Frei Caetano Brandão, até o dia 26 de maio, com entrada franca. A visitação é de terça a sexta das 10h às 18h e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 14h. Mais informações pelo 4009-8821.


Para agendar visitação, é só ligar para 4009-8845. As escolas interessadas também devem preencher a ficha de cadastro e relato no site do prêmio: www.diariocontemporaneo.com.br. 


No Museu da UFPA, duas exposições podem ser visitadas: “Românticos de Cuba” e “Cenário e Personagens”, com horários de visitação de 9h às 17h de terça a sexta e das 10h às 14h aos sábado, domingo e feriados. O Museu da UFPA está localizado na Avenida Governador José Malcher, 1192. A entrada também é franca. Mais informações pelos telefones: 3184-9327 / 8367-2468.


Acesse


Para ficar por dentro da programação do 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia www.diariocontemporaneo.com.br.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS