Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Como as histórias sobre anjos caídos

segunda-feira, 20/05/2013, 07:33 - Atualizado em 20/05/2013, 07:33 - Autor:


Idade que se tornou maldita no rock, os 27 anos uniram Janis Joplin, Jimi Hendrix, Kurt Kobain, Jim Morrison, Brian Jones, Robert Johnson. Ídolos de gerações, com a morte antes dos 30 alcançaram o lugar definitivo em um grupo seleto. Entraram ainda jovens para O Clube dos 27. Reverência que a editora Conrad transformou em coleção, inaugurada com a história em quadrinhos sobre a cantora Amy Winehouse, encontrada morta em 2011 no apartamento em que morava em Londres. Na finitude precoce, o tempo preciso para virar sócia do clube.


No traço do ilustrador Javi Fernandez, e cores de Luca Merli, há o tom sombrio e a trajetória mitificada de Amy. Infância marcada pela separação dos pais. O sentimento da solidão. Na adolescência, o despertar da ‘garota problema’. Na música e nas drogas, a fuga para uma existência suportável. Possível.


A dupla de roteiristas Cristophe Goffette e Patrick Eudeline não chega a carregar na tinta, mas direciona o enredo para a vida pessoal em escombros da artista. Relação em descompasso com o pai. Abuso de drogas, o descontrole emocional. A construção de diva da soul music. O sucesso conquistado com ‘Back To Black’, e com ele, a incapacidade de lidar com a fama. 


E há Blake, o marido. Companheiro de excessos e a um passo do precipício. 


Amy ressurge em um retrato que vai desbotando tão rápido quanto a própria queda. A imagem desmorona. Devasta o talento e perde brilho. Nada diferente do real, com a estrela de um espetáculo a ruir. Sempre querendo escapar do mundo, a Amy Winehouse do Clube dos 27 também não consegue escapar de si mesma. Perde-se e mergulha no abismo. A música ali é coadjuvante, ao mesmo tempo em que protagoniza a trilha sonora para uma vida tecida para dramas, destinada à tragédia. E por isso não menos envolvente. Como costumam ser as histórias sobre anjos caídos.


SOBRE A COLEÇÃO


O Clube dos 27 tem origem na França. O primeiro volume foi lançado por lá no final do ano passado. A editora francesa planeja lançar um álbum por ano. O segundo artista retratado na coleção será o vocalista da banda Nirvana. A previsão é que a HQ de Kurt Cobain chegue no final deste ano na França, e aqui no Brasil em 2014.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS