Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

"Derrotista" mistura rock e vegetarianismo

sábado, 18/05/2013, 12:17 - Atualizado em 18/05/2013, 12:17 - Autor:


O Derrotista não é tão pessimista como o nome indica. Adeptos do veganismo - dieta que exclui qualquer produto de origem animal, além de ser contra atividades que impliquem a exploração de animais -, a banda costuma oferecer palestras sobre a prática antes dos shows. “Nossa música é influenciada pelo existencialismo, temos uma visão não muito bonita da humanidade. Mas na verdade o nome da banda veio inspirado no quadrinho ‘Derrotista’, do Joe Sacco. Tocamos em questões de gênero, libertação animal. Encaramos nossa música, os shows, a interação com o público, como uma forma de conscientização. Não queremos afastar ninguém”, garante Abu, 19 anos, vocalista e guitarrista. O grupo de Campina Grande, Paraíba, ainda conta com Ri, no baixo, e Bené, na bateria.


Essa mistura de hardcore e vegetarianismo resume bem o festival Derrubada, no qual a banda se apresenta hoje (18), em Belém. O evento, que também conta com os shows dos grupos locais Rejeitados Pelo Diabo, Vjölenza e Licor de Xorume, terá palestras e distribuição de refeições vegan.


Inspirado pelo Verdurada, festival paulistano que ganhou o apelido do jantar servido nesses eventos, a versão paraense não carrega tantas restrições quanto o original. Por ter surgido em meio à cena straigth edge, subgênero do hardcore que é contra as drogas, nas verduradas é proibida a venda de bebida.


“A Derrubada não é tão restrita. Se o cara quiser tomar a sua cerveja pode, não somos nós que vamos proibir isso. Já produzi algumas Verduradas em Belém no começo do ano 2000, e muita gente começou no vegetarianismo por causa delas. É uma forma de se divertir e aprender algo no meio do caminho”, afirma Carioca, organizador e vocalista do Vjölenza.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS