Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Mostra chega ao fim no IAP

sexta-feira, 17/05/2013, 07:27 - Atualizado em 17/05/2013, 07:27 - Autor:


Desde a última segunda-feira, o Instituto de Artes do Pará (IAP), em parceria com o Sistema Integrado de Museus (SIM), promove uma mostra retrospectiva da carreira do cineasta moçambicano Victor Lopes, em Belém desde o início desta semana ministrando a oficina de “Pitching” no IAP. O último dia da mostra será hoje, às 19h, no teatrinho do IAP com entrada franca. 


O primeiro filme a ser exibido no encerramento da mostra é “Museu da Língua – Grande Galeria” (2006), de 12 minutos, que é uma junção de dois filmes temáticos sobre futebol e cotidiano feito para a vídeo instalação permanente da Grande Galeria do Museu da Língua na Estação da Luz, em São Paulo. A Grande Galeria é uma “tela-corredor” de 120 metros com projeção contínua. 


Em seguida, a mostra exibe o documentário “Língua - Vidas em Português” (2004) sobre pessoas que falam a língua portuguesa em diversas partes do mundo. Coproduzido por Brasil e Portugal, “Língua” foi filmado em Portugal, Moçambique, Brasil, Índia, França e Japão e foi o primeiro filme digital distribuído no Brasil. Em Portugal, ganhou o Grande Prêmio da Lusofonia em 2002 e encerrou o Festival Internacional de Documentários de Lisboa. Foi premiado como melhor filme no Festival de Cataguases e participou das mostras competitivas dos festivais “É Tudo Verdade”, Festival dos Povos de Florença (Itália) e Festivais Internacionais de Cinema do Rio e de São Paulo. Diretor, roteirista e professor, Victor Lopes iniciou a carreira como diretor em 1991 com o média-metragem de ficção “Vênus de Fogo”. Este ano, vai lançar o longa-metragem “Serra Pelada, a lenda da montanha de ouro”, documentário sobre a maior corrida do ouro do século XX, filmado no Pará. 


ASSISTA


Mostra retrospectiva de Victor Lopes. Hoje, às 19h, no teatrinho do IAP (Praça Justo Chermont, 236 – Nazaré). Entrada franca. Informações: 4006-2924. 


(Diário do Pará) 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS