Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Projeto ‘Música na Estrada’ desembarca em Curuçá

quinta-feira, 09/05/2013, 07:59 - Atualizado em 09/05/2013, 07:59 - Autor:


Os primeiros shows das bandas Strobo, Projeto Charmoso e Gang do Eletro aportaram nas cidades de Pirabas, Primavera e Bragança. Agora, o projeto Música na Estrada vai percorrer os municípios Curuçá (10), Marapanim (11) e Mosqueiro (18), onde encerrará a jornada da terceira edição, com realização da MM Produções e patrocínio da Vivo.


Os próximos municípios vão receber shows da banda Madame Saatan, do cantor Arthur Espíndola e do grupo Casa de Folha. Cada um de uma vertente musical diferente, mas que carregam a musicalidade paraense.
Além das apresentações musicais, o projeto também realiza encontro entre artistas da capital e do interior, com o objetivo de trocar experiências e discutir novos caminhos para a produção musical, fora dos grandes centros. “Pretendemos com isso deixar algo mais em cada cidade que passamos. Sabemos das dificuldades de se produzir um CD, um show. E queremos conhecer mais a realidade dos músicos e artistas da região, o que produzem ou sonham em produzir e dar, mesmo que rapidamente, informações para o caminho certo a tomar”, explica Márcio Macedo, da MM Produções.

ROCK NA VEIA 


O Madame faz um rock mais pesado e vai levar para Curuçá o mesmo show que tem apresentado em São Paulo, Rio de Janeiro, na capital Belém e em outros estados. “Iremos tocar o show da nossa tour de divulgação do nosso último disco, Peixe Homem. Além de Ed Guerreiro na guitarra, da nossa formação original, estão na bateria e baixo respectivamente Nugoli e Vince. Ícaro, baixista de nossa formação original, está em recuperação e não tem previsão de voltar a tocar com a banda”, diz a vocalista da banda Sammliz.


Depois de passar cinco anos morando em São Paulo, Madame Saatan está de volta a Belém. Na capitalpaulista o grupo produziu o último disco e de lá saiu para turnês em várias cidades. 


SAMBA 


O cantor e compositor Arthur Espíndola, que também sairá nesta etapa do projeto, vem acompanhando há um tempo o Música na Estrada e sempre teve vontade de participar. “Mas desde o primeiro semestre do ano passado recomecei meus trabalhos autorais. Em agosto de 2012 lancei meu primeiro single deste meu novo CD que vou lançar e as coisas foram tomando mais vida, inclusive meu entusiasmo pra inscrever no ‘Música na estrada’, para o qual fui selecionado e agora terei a oportunidade de mostrar meu som pra mais pessoas”, conta o cantor.


No show que Arthur fará nas três cidades, ele apresentará músicas do novo CD, que já estão tocando na rádio, além de músicas mais conhecidas. “Vou cantar também sucessos do samba brasileiro que foram compostos por autores da Amazônia, mas interpretados nas vozes de Clara Nunes, Alcione, Beth Carvalho, Paulinho da Viola, Fundo de Quintal, entre outros. São sambas que há tempos todo mundo canta e adora”, finaliza.

CASA DE FOLHA 


O grupo Casa de Folha vem fazendo um trabalho ao longos dos anos e em 2012, participando de festivais, shows e conhecendo outros grupos e pessoas. Nesta circulação vão levar a Mosqueiro o show “Abrir a Porta”.


A expectativa do grupo é grande. “Assustou acontecer, mas depois respiramos e dissemos muito obrigado a todo mundo que compõe o trabalho e queremos crescer, ganhar mais ouvidos. Escutamos Madame Saatan, somos fãs do Léo e Arthur e estar junto deles numa missão dessas é transformador. Estar no Música na Estrada significa um degrau adiante nesta escada e a necessidade de ser melhor e buscar cada vez mais interagir e propiciar coisas boas a todos. A expectativa é muito grande, de fazer um som bacana, fazer valer a participação e convite”, encerra André Butter, do Casa de Folha.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS