Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Arte e meio ambiente, um diálogo possível

terça-feira, 07/05/2013, 07:42 - Atualizado em 07/05/2013, 07:45 - Autor:


Foi a partir da observação dos movimentos do urubu em Algodoal, nordeste do Pará, que Andreia Feijó desenvolveu um trabalho no mestrado em Artes da Universidade Federal do Pará, em 2007. O projeto “Adote um urubu: uma experiência artística na comunidade de Algodoal-Maiandeua-Pará” traz uma reflexão da artista plástica sobre o meio ambiente e o tratamento do lixo.


Para compartilhar essa experiência com o público, a artista plástica realiza hoje, às 19h, uma palestra com o tema “Arte, natureza e contexto social – O projeto ‘Adote um urubu’” no auditório do Instituto de Artes do Pará (IAP). A programação faz parte do 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia e tem entrada franca. 


O projeto foi realizado a partir de oficinas em Algodoal junto à comunidade local e teve como resultado um vídeo, que também será mostrado hoje ao público. A ação artística “Adote um urubu” contou com a participação de crianças e adultos, que coletaram parte do lixo reciclável produzido na ilha e que tem, na maioria das vezes, a queima como destino final. 


“Ao intitular a ação artística com esse nome, busquei, pela via do estranhamento, abrir um espaço de reflexão crítica sobre a relação que estabelecemos com o lixo que produzimos e com a natureza de uma maneira geral”, explica Andrea. Enquanto pesquisa acadêmica em arte, especificamente no campo da produção artística, o projeto articulou tanto referências artísticas quanto teóricas, buscando, ao final, resultados artísticos e estéticos compartilhados. 


Andreia Feijó é graduada em Educação Artística, especialista em Semiótica e Artes Visuais e mestre em Artes Visuais pela UFPA. Participa, desde 1992, de mostras individuais e coletivas, nacionais e internacionais. A primeira proposição artística do projeto “Adote um urubu” foi realizada em 2008, ano considerado por ela como marco inicial de um trabalho de arte sobre a participação e o contexto social. 


“As proposições que se seguiram efetivaram-se através da parceria com a escola local, a realização de oficinas de fotografia e atividades afins. Nesse momento, tais atividades funcionaram também como estratégia de diálogo com a comunidade e, ao mesmo tempo, ofereceram condições para que os participantes adentrassem na linguagem visual. Elas ocorreram durante os anos de 2009 e 2010”, revela. Na palestra, Andreia pretende viabilizar um espaço de troca no campo das relações entre arte e comunidade. 


PARTICIPE


Palestra “Arte, natureza e contexto social – O projeto ‘Adote um urubu’”, de Andrea Feijó. Hoje, às 19h, no Instituto de Artes do Pará (IAP), na programação 4º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia. Mais informações: diariocontemporaneo.com.br


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS