Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

A natureza de Moraes Rego

segunda-feira, 06/05/2013, 08:46 - Atualizado em 06/05/2013, 08:46 - Autor:


Depois de um período de mais de 20 anos, o pintor Ronaldo Moraes Rego volta a ocupar as paredes da Elf Galeria com uma exposição individual que traz 17 pinturas dedicadas a representar a natureza. A mostra segue em cartaz até o dia 31 deste mês com visitações de segunda a sexta, das 10h às 13h e das 14h às 19h, e aos sábados das 10h às 14h. A entrada é franca. Professor de Artes Visuais na Universidade Federal do Pará (UFPA), Ronaldo vem desenvolvendo este trabalho desde o final do ano passado entre uma aula e outra. “Meu ponto de referência é a natureza, mas eu não a copio. É uma interpretação minha, uma poética visual da natureza”, explica o artista. A curadoria da exposição é do artista plástico Jorge Eiró. 


Nas obras foram utilizadas várias técnicas de pintura, uma delas tem uma perspectiva tridimensional. Em outra, Ronaldo utilizou a técnica mista em cima de uma folha de árvore. “A exposição tem pinturas em diferentes formatos, é um híbrido de técnicas”, diz Ronaldo. 


Trajetória de prêmios e experimentações


Ronaldo Rego - pintor, aquarelista, gravurista e arquiteto formado pela UFPA - expõe suas obras desde 1977 e já estudou gravura ao lado de nomes como Valdir Sarubbi e Evandro Carlos Jardim. Ao longo da carreira, Ronaldo Rego realizou três exposições individuais na Elf Galeria na década de 1980. 


De lá para cá, o artista recebeu alguns prêmios como o de Aquisição, no IX Salão Nacional de Artes Plásticas do Rio de Janeiro. No ano passado, Ronaldo participou da mostra Cozinha de Artista, na Elf, em que criou objetos a partir de elementos descartáveis. Na atual exposição na galeria, o artista provoca o encantamento do espectador por meio da recriação da realidade da natureza. 


PRESTIGIE


Exposição de Ronaldo Moraes Rego. Até 31 deste mês, na Elf Galeria (Av. Gov. José Malcher - Passagem Bolonha 60). Visitações de segunda a sexta-feira, de 10h às 13h e de 14h às 19h, aos sábados de 10h às 14h, com exceção dos feriados. Entrada franca. Informações: 3224-0854. 


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS