Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Notícias / Cultura

Cultura

Olympia comemora 101 anos com programação gratuita

quarta-feira, 24/04/2013, 07:43 - Atualizado em 24/04/2013, 07:43 - Autor:


Foram dezenas de mostras realizadas semanalmente, dedicadas a valorizar o que o cinema mundial produziu durante mais de um século de existência. Por meio de parcerias com consulados e embaixadas, o Cinema Olympia exibiu filmes inéditos em Belém. Filmes que nunca chegaram ou dificilmente chegariam pelo circuito comercial. 


A programação intensa em comemoração ao centenário do cinema mais antigo em funcionamento no Brasil resultou em um aumento do público nas sessões. “Hoje o Olympia tem uma função mais importante no sentido cultural”, diz Marco Antônio Moreira, programador do cinema que desde 2006 é administrado pela Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel). 


Hoje, o Cinema Olympia comemora 101 anos com novos projetos já em execução e outros que ainda estão por vir. “É o primeiro ano do novo centenário”, brinca Marco. A programação de aniversário começa com a apresentação do músico Robernare Marques que irá tocar o tema musical do Olympia, composto por ele, e também as trilhas sonoras dos filmes “Em algum lugar do passado” e “Tempos modernos”, às 19h. 


Em seguida, às 19h15, quem se apresenta no cinema é o músico Salomão Habib que preparou uma suíte - composição que se subdivide em várias partes sobre um único contexto – com quatro partes dedicadas a homenagear a sétima arte. A composição, feita no ano passado e aperfeiçoada para a apresentação de hoje, contempla os gêneros cinematográficos: épico, comédia, drama e romance. Salomão também irá tocar uma composição do maestro Altino Pimenta, feita em homenagem ao cinema centenário. “O Olympia é mais que uma casa de exibição de filmes. Ele não só fez e faz parte do cotidiano cultural como proporcionou nesse século inteiro muitas alegrias e encontros. Aquelas paredes respiram arte e história”, analisa o músico. 


Após as homenagens, o Olympia irá exibir, às 19h30, o filme “Aurora” (1927), de F. W. Murnau, realizado ainda na época do cinema mudo. A sessão terá acompanhamento musical ao vivo do pianista Paulo José Campos de Melo, da Fundação Carlos Gomes. 


Além do projeto “Cinema & Música”, realizado uma vez por mês desde janeiro deste ano, e a sessão “Cinema e rock”, com filmes cinematográficas relacionadas ao estilo musical, o Olympia também cede o espaço para alunos de escolas públicas que nunca foram ou raramente vão ao cinema, possibilitando um maior contato com a arte e com a história. 


“O Olympia tem resistido a todas as mudanças históricas. É um patrimônio que está sendo preservado e a tendência é que o cinema sirva cada vez mais de referência histórica da cidade”, diz Marco Antônio. 


VISITE


Aniversário de 101 anos do Cinema Olympia, com apresentação dos músicos Robernare Marques, Salomão Habib e Paulo José Campos de Melo e exibição do filme “Aurora” (1927), de F. W. Murnau. Hoje, a partir das 19h, no cinema Olympia (Av. Presidente Vargas, 918). Entrada franca. Informações: 3230-5380.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS