Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$
Círio

Vigia reúne fiéis no Círio mais antigo do Pará

domingo, 09/09/2018, 09:55 - Atualizado em 09/09/2018, 10:12 - Autor:


Com o tema “Maria,Educadora da Vida Cristã”, o Círio de Vigia, no nordeste do Pará, é realizado neste domingo (9), para homenagear Nossa Senhora de Nazaré. A programação começou com uma missa às 6h na Igreja de São Sebastião.


A procissão percorrerá ruas históricas do município até a Igreja Matriz, onde ocorrerá mais uma missa, celebrada pelo bispo da diocese de Castanhal, Dom Carlos Verzeletti. A partir, às 18h, outra missa será celebrada na Igreja Matriz.


Este é o Círio considerado mais antigo do Estado e chega a edição de número321. De acordo com o padre José Carlos, pároco da Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré em Vigia, a escolhado tema deste ano é para destacar a importância de Maria como evangelizadora. “Ela foi uma grande educadora e missionária para a vida cristã. Em comunhão com a nossa igreja no Brasil, nas nossas programações do Círio vamos refletir sobre isso e também sobre o início desse caminho na fé de Cristo, o batismo”, disse o padre. 


DOL


MANTO


Em Vigia, a confecção do manto também é aguardada pela população. Este ano ele foi doado pelo fisioterapeuta Alan Cardoso e confeccionado por Gabriel Marruaz. A berlinda e os carros recebem cuidados da própria comunidade. A paróquia abrange uma área que envolve 87 comunidades e, nesse período,os trabalhos são intensos.


A programação nazarena seguiráaté dia 25, quando estámarcado para ocorrer o Recírio. “As peregrinações já estão acontecendo desde o dia 20 de agosto, em comunidades, casa de famílias, repartições públicas, sempre buscando olhar para Maria e intensificar nossos olhares sobre a temática deste ano”, destaca o padre, que aguarda cerca de 200 mil pessoas para o Círio deste ano.


“Vigia é uma cidade marcada pela religiosidade e pelo catolicismo. Essa devoção é muito antiga, chegou com os Jesuítas, com, as romarias. E hoje já temos mais de três séculos dessa celebração. A cidade toda fica voltada para o Círio”, completa. 


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS