Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
Círio

Procissão do Círio teve rapidez e confusão

segunda-feira, 09/10/2017, 07:09 - Atualizado em 09/10/2017, 07:21 - Autor:


Como se tornou tradição nos últimos anos, mais uma vez o Círio correu, mesmo com seus 2 milhões de participantes. A fluidez em todo o percurso, a redução no tempo nas paradas para as homenagens, aliado ao cancelamento da tradicional queima de fogos dos estivadores no Ver-o-Peso, fez com que a maior das procissões do Círio de Nazaré, neste domingo (8), novamente durasse menos de 6 horas como ocorreu em 2014, 2015 e no ano passado.


A previsão inicial da diretoria da festa era que a procissão encerrasse às 12h30, mas a bênção final na praça Santuário ocorreu por volta das 11h30. O cortejo iniciou por volta das 6h20 de ontem, após a missa campal presidida pelo Arcebispo de Belém Dom Alberto Taveira. 


CHEGADA


Em seguida, já no Boulevard Castilhos França, cerca 70 guardas de Nazaré, com a ajuda de homens do Exército realizaram o atrelamento da corda na berlinda. A berlinda fez curtas paradas durante as homenagens feitas no percurso, como já havia ocorrido na Trasladação. Assim, pouco depois das 8h a berlinda já alcançava a avenida Presidente Vargas, surpreendendo os romeiros. 


Depois de ter percorrido 3,6 quilômetros, a berlinda conduzindo a imagem chegou à Praça Santuário por volta das 11h20 e a romaria encerrou às 11h30, com a retirada da imagem da santa da berlinda pelo coordenador da diretoria da festa, Roberto Souza, e entregue a D. Antônio de Assis Ribeiro, bispo auxiliar de Belém. Ano passado a procissão foi encerrada às 11h24.


CÍRIO 2017 - CONCLUSÃO


11h30 - Foi a hora da bênção  na Praça Santuário
3,6 km - É a distância percorrida pela berlinda na procissão


Arcebispo leu mensagem de Papa Francisco


O contorno imponente da Igreja da Sé concentra a atenção dos fiéis que se aglomeram na Praça Frei Caetano Brandão ainda durante a madrugada de domingo. Ponto de partida da mais aguardada procissão da festividade de Nazaré, a missa realizada em frente à Igreja da Sé iniciou com a leitura da mensagem enviada pelo Papa Francisco para os devotos de Nossa Senhora de Nazaré. Saudando todos os fiéis de Belém que se preparavam para mais um Círio, o santo padre destacou, no texto enviado, que “Maria nos ensina a virtude da esperança e nos mantêm sempre confiante”. 


Após ler a mensagem, o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, presidiu a celebração que preparou os fiéis para a caminhada. “Que ao chegar na casa de Nazaré encontremos a água viva, aquela que é o próprio Jesus de Nazaré”. Com uma vela nas mãos desde a saída da procissão, a auxiliar administrativa Paula de Deus, 32 anos, buscava representar a presença do irmão que, neste ano, não pode estar presente no Círio. “É um momento de reunião e renovação da fé e de agradecer a bênção da vida”.


(Luiz Flávio e Cintia Magno/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS