Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Círio

Evangelizadores da corda recebem formação

segunda-feira, 02/10/2017, 10:55 - Atualizado em 02/10/2017, 10:55 - Autor:


A Diretoria da Festa de Nazaré realizou uma manhã de formação espiritual com os jovens evangelizadores da corda. A formação aconteceu no último sábado (30), na Casa de Plácido. Os voluntários integram o projeto Jovens Evangelizadores da Corda e Praça, realizado há 11 anos, com o objetivo de evangelizar e auxiliar os promesseiros da corda durante a trasladação. Os jovens também ajudam na distribuição de água e incentivam os romeiros a cumprir todo o trajeto da procissão. 

A trasladação é a segunda maior procissão do Círio. A corda, que puxa a romaria, tem 400 metros e deve reunir mais de 10 mil pessoas este ano. Segundo o diretor de evangelização do Círio, Jorge Xerfan, o grupo foi criado para dar apoio a esses promesseiros e, principalmente, incentivá-los a continuar engajados após o Círio. “Percebemos que após pagarem a promessa, muitos desses romeiros iam embora e não mantinham mais contato com a igreja”, diz Xerfan. Os 350 jovens, entre 16 e 25 anos, foram selecionados pela pastoral da juventude e novas comunidades. 

APÓSTOLOS

Durante o traslado, eles têm o papel de falar do evangelho, explicar o sentido da corda, da fé e da devoção a Nossa Senhora de Nazaré. “Eles são como os apóstolos que anunciam o evangelho às famílias”, explicou o padre Luiz Carlos, reitor da Basílica de Nazaré. O estudante Giovani Silva, 23, conhece bem esse trabalho. 

Membro do Jomec (Jovens Mensageiros de Cristo), ele coordena o grupo formado por 55 jovens católicos da comunidade Nossa Senhora da Conceição, em Icoaraci. Silva ajuda a coordenar a evangelização na corda da trasladação há 6 anos e garante que, apesar do sufoco, os promesseiros ouvem a evangelização. “Levamos a palavra de Deus e eles param para ouvir. Tem gente que dá o endereço e o telefone e pede pra gente ir lá depois pra evangelizar. Nos sentimos muito fortificados nessa hora”, garante.

(Leidemar Oliveira/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS