Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$
Círio

Helder garante doação de área para a Arquidiocese de Belém

sexta-feira, 29/09/2017, 07:20 - Atualizado em 29/09/2017, 07:20 - Autor:


Após 3 anos de tentativas, a Arquidiocese de Belém conseguiu a doação do terreno da União. O anúncio será feito hoje, às 14h, pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, que estará acompanhado de alguns representantes da bancada federal, em uma visita na Casa Episcopal.


Autor da conquista, Helder foi quem intercedeu junto ao Ministério do Planejamento e o Ministério da Defesa (Exército) para que ocorresse a doação do local.
O ministro recebeu a solicitação de ajuda do arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira, em setembro do ano passado. “Quando fui informado pelo arcebispo que existia esse interesse, tratei de imediato acionar as pastas envolvidas. Durante todo o processo fiquei em contato com Dom Alberto, e agora podemos celebrar a oficialização do pleito”, disse Helder. “E mais uma vez fico muito feliz em poder buscar em Brasília ajuda para somar ao engrandecimento do meu Estado”, afirmou.


ASSINATURA


O acordo que autoriza a doação do imóvel será assinado na próxima quinta-feira (5), entre a Arquidiocese de Belém e o Governo Federal. O evento contará com a presença do presidente Michel Temer o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o ministro da Defesa, Raul Jungmann.


O imóvel é atualmente ocupado por uma unidade do Comando do Exército, situado na Av. Gentil Bittencourt, esquina da Tv. 14 de Março. A igreja vem solicitando desde 2014 a doação do local junto aos órgãos responsáveis e a bancada federal, mas nunca havia conseguido resultados positivos. Apenas em 2014 cerca de R$ 43 milhões foram garantidos pela bancada e repassados ao Exército como forma de indenização.


Com a doação, a Arquidiocese se compromete a aplicar todos os esforços para desenvolver atividades de interesse social no referido imóvel, em prol da população paraense.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS