Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
Círio

Círio também é uma ótima chance para aumentar a renda

quarta-feira, 20/09/2017, 08:10 - Atualizado em 20/09/2017, 12:17 - Autor:


Atraídos pelo Círio de Nossa Senhora de Nazaré, os cerca de 77 mil turistas previstos para estarem em Belém no segundo domingo de outubro deste ano devem injetar quase R$100 milhões na economia do Estado, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese-PA). De olho no aumento considerável da circulação de recursos nesta época do ano, muita gente já se prepara para garantir uma renda extra.

Rodrigo Alves, 39 anos, é sócio do food truck ‘Las Vegas’, que funciona há um ano e sete meses. Atentos à grande movimentação gerada pelo evento religioso, os proprietários já iniciaram os preparativos para receber os turistas. “Para o período do Círio, a nossa chef de cozinha, Bruna Leão, criou 4 sanduíches regionais que vão ficar durante todo o mês de outubro no cardápio”. 

Batizados com nomes de cantores locais, os sanduíches agregam ingredientes característicos da culinária regional. Há opções com um toque de maniçoba, outro com pescada amarela e até mesmo um com pirarucu e creme de muqueca. A ideia é que cada um dos sanduíches seja servido em um pão criado especialmente para o período do Círio. “O pão vem com a temática do cartaz do Círio. Ele é vermelho e tem a estrela do Pará no centro”, explica Rodrigo, ao lembrar que os sanduíches regionais serão servidos em pratos marajoaras. 

Além do cardápio, incrementos na própria organização do food truck serão colocados em prática em decorrência da festividade de Nossa Senhora de Nazaré. Durante o mês de outubro, o empreendimento abrirá para o público todos os dias da semana, sem pausa. E o cardápio também passará a ser em inglês e português. “A nossa expectativa é de, no mínimo, dobrar nosso faturamento. Estamos fazendo de tudo para que os turistas sejam bem recebidos”.



Bruna Leão com dois sanduiches que têm sabores bem regionais. (Foto: Jader Paes/Diário do Pará)


FATURAMENTO

Veterana na venda de produtos do Círio, a autônoma Silvia Coelho, 50 anos, também espera um bom faturamento neste ano. Diante da Basílica Santuário de Nazaré, ela instala a venda de produtos que remetem à festividade, como as tradicionais fitas, terços feitos com caroço de açaí, representações de berlindas, medalhas de santos, leques personalizados, e o que mais fizer referência ao Círio.

Ainda que a venda seja mantida ao longo de todo o ano, ela afirma que, na época do Círio, é possível fazer uma renda extra. “Ano passado, eu consegui fazer R$4 mil em 15 dias. Este ano, a minha expectativa é manter a mesma meta”. Silvia aponta que, em 2017, a procura por artigos do Círio começaram mais cedo, ainda no mês de julho. Para que desse conta de toda a demanda, a autônoma conta que começou a estocar os produtos – confeccionados por seu esposo – ainda em janeiro. “Uma senhora veio pedir 60 leques de Nossa Senhora. Então, eu já tinha estocado”, lembra. “O mês do Círio é que dá uma força pra passarmos bem o resto do ano”.

SABONETES COM A IMAGEM DE NOSSA SENHORA

O Círio também deu mais força ao negócio das irmãs Suênia e Sara Cardoso, ambas com 32 anos. Morando em São Paulo, a jornalista e empreendedora Suênia fez um curso de saboaria como forma de garantir uma segunda renda. Os primeiros trabalhos da ‘Senhor Banho’ foram a partir de encomendas recebidas apenas em São Paulo. A proximidade do Círio de Nazaré fez com que novas ideias surgissem. “A gente gosta de aproveitar datas comemorativas e, como paraenses, pensamos em fazer algo voltado para dar como lembrança do Círio”, conta Sara Cardoso. “Fizemos o sabonete para as mãos com o formato da imagem de Nossa Senhora”.



Suênia Cardoso faz sabonetes com o formato da imagem de Nossa Senhora. (Foto: divulgação)


PARCERIA

A parceria das irmãs surgiu a partir dessa ideia. Como 90% dos clientes que encomendaram os sabonetes com a imagem de Nossa Senhora são do Pará, Suênia fica responsável por fazer a produção e encaminhar para que Sara, em Belém, finalize as embalagens e entregue. “Divulgamos pelas redes sociais e, dentro de duas semanas, recebemos 70 encomendas.”

Mesmo que continuem trabalhando com produtos personalizados para outras datas comemorativas, Sara acredita que o Círio já proporcionou um avanço para o negócio. “Com o Círio tivemos um avanço considerável nos pedidos”, conta. “Nós costumamos falar que foi Nossa Senhora quem intercedeu por nós.”

NOSSA SENHORA SERÁ HOMENAGEADA HOJE NO CENTRO COMERCIAL

A partir das 16h de hoje, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré estará no centro comercial de Belém. A programação começará na João Alfredo e Santo Antônio e seguirá até a avenida Presidente Vargas. A iniciativa é do Sindilojas e da Polícia Militar. 



Santo Antônio está no percurso da programação. (Foto: Cezar Magalhães/arquivo)


O objetivo é levar a imagem de Nossa Senhora para mais perto dos comerciantes e seus familiares, consumidores, funcionários das lojas, ambulantes, entre outras pessoas que estiverem no comércio. Os comerciantes enfeitarão seus estabelecimentos para a homenagem.

(Cintia Magno/Diário do Pará com Redação) 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS