Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


31°
R$
Círio

Paraenses já respiram o clima do Círio de Nazaré

sexta-feira, 30/09/2016, 08:04 - Atualizado em 30/09/2016, 19:27 - Autor:


Faltando menos de dez dias para o Círio de Nazaré, as ruas por onde a grande parte das romaria irá passar começam a ganhar um ar especial. Já é possível ver os prédios enfeitados, o colorido dos artigos feitos pelos artesãos, e a chegada dos turistas que se emocionarão com uma das maiores festas católicas do mundo, celebrada no segundo domingo de outubro, dia 9. Seja nas ruas, casas ou empresas, os preparativos já começaram. 


CONFIRA O CALENDÁRIO DAS ROMARIAS


O taxista Antônio Carvalho trabalha na Avenida Presidente Vargas há quase 20 anos e já percebe um clima diferente no local de trabalho, por conta do Círio. "Trabalho aqui e algumas épocas do ano, o movimento fica diferente. Se nas férias, a movimentação é pouca, o mesmo não se pode dizer de outubro, por conta de turistas e da festa de Nazaré. Fica lindo de se ver tudo enfeitado para o Círio".



Avenida Pte. Vargas já começa a receber a movmentação dos turistas que já estão em Belém para a festa de fé dos paraenses. (Foto: Diego Beckman/DOL)



Alguns metros depois do trabalho do seu Antônio, as tradicionais arquibancadas da Avenida Presidente Vargas já estão sendo montadas para receber os romeiros, que adquiriram entradas pela internet. O local deve receber cerca de 15 mil pessoas, no sábado e domingo a festa de Nazaré.



Os tradicionais artigos do Círio, como as fitinhas simbólicas de Nossa Senhora de Nazaré, já começam a colorir as ruas. (Foto:Diego Beckman/DOL)


VISITAS ANUNCIAM CHEGADA DA FESTA

O Círio de Nazaré, a maior festa católica do país reúne dois milhões de pessoas, nas ruas de Belém e todos tem o mesmo objetivo: olhar a berlinda com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, que antes do mês de outubro participa de uma série de peregrinações em Belém e no interior do estado.




A imagem peregrina percorre órgãos públicos e privados, em uma programação voltada para funcionários e familiares. o momento é de preparação para a chegada de mais um Círio.


VEJA FOTOS DA VISITA DA IMAGEM À RBA

Segundo dados do DIEESE, cerca de 1,5 milhão de pessoas receberam a visita de Nossa Senhora de Nazaré, em seu local de trabalho no ano passado.

Nos últimos anos, a padroeira dos paraenses percorre outros municipios do estado, assim como já esteve em peregrinação em outros estados, como Maranhão, além da tradicional visita realizada no Rio de Janeiro (RJ), que este ano ocorreu no mês de setembro.




A agenda de peregrinações de Nossa Senhora de Nazaré vai até a próxima quinta-feira (6), quando irá realizar a sua última visita antes do Círio de Nazaré. O local será o prédio da Assembléia Legislativa do Pará, no bairro da Cidade Velha. (Foto: Divulgação/Guarda de Nazaré)



Almoço do Círio celebra familiares e amigos

Após a grande romaria do Círio de Nazaré, todos os lares paraenses tem algo em comum: o tradicional almoço do Círio reúne familias e amigos em volta da mesa, em um momento de comunhão e confraternização.

Os preparativos para o encontro entre familiares e amigos ocorre bem antes do inicio do fim de semana do Círio. A Maniçoba ( prato feito com a maniva e derivados de porco), por exemplo, demora sete dias para ficar pronta e o cheiro da maniva sendo preparada é um aviso de que naquele lugar, o almoço está sendo preparado.

Que o diga a dona de casa, Clara de Matos, que recebe familiares e amigos após a romaria do segundo domingo de outubro. "Todos os anos, eu acompanho a saída do Círio e vou caminhando para depois receber meus filhos, netos e familiares para o almoço. Tudo é cercado com amor e carinho para receber todos em minha casa", destacou.

VEJA IMAGENS DO ALMOÇO DO CÍRIO

Devota de Nossa Senhora de Nazaré, dona Clara diz que o momento é especial e esperado durante todo o ano. "O Círio é tão forte, que encontro pessoas que não vejo no natal. É mais especial e mais gostoso celebrar este momento entre a família e amigos".



Os tradicionais ingredientes que não podem faltar na mesa do paraense no Círio: tucupi, pimenta e jambu. (Foto: Arquivo/Diário do Pará)


 


Mas além da expectativa da reunião familiar, vale lembrar que o Círio é também um momento de renovação de fé, prática de caridade e humildade. Um bom Círio para todos!


 


(Diego Beckman/DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS


Patrocinadores