Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
Círio

Solidariedade é marca da ‘Manhã dos eleitos’

segunda-feira, 26/09/2016, 07:54 - Atualizado em 26/09/2016, 07:54 - Autor:


Vivenciando momentos de louvor, testemunhos e festejos, moradores de rua atendidos pela comunidade católica “Missão Belém” participaram, na manhã de ontem, da “Manhã dos Eleitos”. O evento, que é realizado na Casa de Plácido, faz parte da programação realizada pela diretoria da festa de Nazaré no período que antecede o Círio.

A coordenadora da ação, Tonya de Souza, lembrou que o objetivo é promover a evangelização. Neste ano, as pessoas que vivem em situação de rua e os dependentes químicos foram os segmentos eleitos para receber a acolhida. “A diretoria sempre tenta eleger um público que esteja em situação de vulnerabilidade para participar”, explica.



Eduardo de Souza quer mudar de vida. (Foto: Ney Marcondes/Diário do Pará)


Para isso, foi chamada a comunidade católica “Missão Belém”, que promove a acolhida de pessoas em situação de rua. Coordenador da Missão, o padre Divan de Souza explica que, muitas vezes, os missionários chegam a dormir nas ruas por uma semana para ganhar a confiança daqueles que necessitam de ajuda. “Conversamos com eles, dormimos nas ruas com eles e, quando percebemos que conquistamos sua confiança, fazemos uma proposta de vida para eles”, resume. Além do trabalho realizado na chácara da comunidade, o padre acredita que eventos como o de ontem são formas de contribuir para mudanças de vida. “Ficamos muito felizes de participar dessa programação porque é mais uma forma deles se sentirem retornando à sociedade”, afirma.

Assistido pela missão e participando da manhã, Eduardo de Souza Lima, 27 anos, lembra que uma das maiores dificuldades da vida nas ruas é a de confiar nas pessoas. Vindo de Minas Gerais, onde morou na rua por 2 anos, ele ainda passou 2 meses sem moradia em Belém até que fosse acolhido pela missão. “Eu fico muito feliz pela oportunidade que Deus está me dando”, revelou, ao lembrar que está em atendimento há 9 meses. “O que quero no futuro é ter uma família, trabalhar, ser um homem novo”, diz. Além da manhã festiva, houve distribuição de cerca de quinhentas cestas básicas, fruto de doações. Os participantes receberam ainda um kit com camisa e um terço.



PAdre Divan de Souza fala da importância do trabalho missionário. (Foto: Ney Marcondes/Diário do Pará)


COMO AJUDAR

Quem tiver interesse em ajudar o trabalho da comunidade católica “Missão Belém” pode obter informações através do telefone 98924-9874

Dentre as maiores necessidades estão a de alimentos e material de higiene, principalmente fraldas geriátricas

(Cintia Magno/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS