Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
Círio

Caminhada de romeiros pela BR-316 recomeça

quinta-feira, 08/10/2015, 08:51 - Atualizado em 08/10/2015, 08:53 - Autor:


Um grupo de mais de 800 devotos de Nossa Senhora de Nazaré reiniciou ontem em Castanhal a tradição de que já se repete há 36 anos. Às 7h30 da manhã, os romeiros seguiram juntos pela BR-316 para iniciar a chamada Caminhada da Fé, uma experiência que une da resistência física, pagar pelas graças alcançadas em nome da padroeira dos paraenses. 


De Castanhal até a Basílica de Nazaré são aproximadamente 78 quilômetros. A distância equivale a dez vezes o percurso do Círio. Muitos não conseguem chegar ao destino, mas sempre fica a sensação de dever cumprido. O professor José Nazareno Henriques, 62, organiza a caminhada há 26 anos, motivado pelo pagamento de uma promessa. O devoto foi gestor de uma escola e pediu a Nossa Senhora a graça de ser um bom administrador. “A promessa era para quatro anos, mas decidi participar enquanto tiver forças”, justifica.


A aposentada Nilza Salvador, 65, também faz parte do grupo há 22 anos. Ela não fez promessas. “Venho pela crença, apenas para agradecer pela vida, saúde, família e amigos. Quero continuar caminhando com as graças de Nossa Senhora”, sorria. 


Todos os anos, a Polícia Rodoviária Federal garante a segurança dos romeiros. Uma equipe mantém plantão especial para evitar assaltos nas estradas. Pelo caminho, existem ainda vários pontos de apoio com distribuição de água, alimentos e remédios. Além disso, dezenas de voluntários também pagam promessas dando apoio aos romeiros na estrada. 


A Associação dos Romeiros de Castanhal diz que cresce a cada ano o número de devotos. A preocupação maior é justamente com a segurança durante o percurso, mas todos seguem dizendo que são protegidos pela Virgem de Nazaré. Ontem, por volta das 22h, o primeiro grupo já ultrapassava a entrada de Mosqueiro, com previsão de chegada à Basílica às 7h30 da manhã de hoje.


(Tiago Silva/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS