Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
Círio

Círio 2015 deve receber a 84,4 mil turistas

sexta-feira, 11/09/2015, 15:36 - Atualizado em 11/09/2015, 15:39 - Autor:


A primeira coletiva do Círio 2015 foi realizada nesta sexta-feira (11), pela Diretoria do Círio, em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Na ocasião foram apresentados os dados do ano passado e a expectativa para o Círio deste ano, que promete ser o maior da história, além da campanha para o não corte da corda, que visa sensibilizar os promesseiros para que não cortem a corda que conduz a Berlinda nas procissões da Transladação e do Círio.


Jorge Xerfan Neto, Diretor Coordenador da Festa, iniciou a coletiva fazendo um balanço dos números do Círio. Em 2014, o número de turistas que vieram para o Círio alcançou cerca de 82 mil pessoas e para 2015, mesmo com a crise econômica, a estimativa é que este número chegue a 84,4 mil turistas, um crescimento de 3% em relação ao ano passado. Ele ressaltou ainda que apesar da crise,  a estimativa de gastos desses turistas que estiverem em Belém será de U$ 30,4 milhões, o equivalente a mais de R$ 100 milhões.


O Dieese levanta há 28 anos os principais dados relativos à economia e turismo em Belém durante a festividade. O Círio movimenta quase todos os setores produtivos da economia paraense, principalmente o serviço, o comércio, a agropecuária e a indústria. Na geração de emprego a expectativa é de que mais de 60 mil postos de trabalho sejam criados.


Quanto aos números de pessoas em Belém, este ano são esperados 2 milhões somente na grande romaria que acontece no domingo, dia 11 de Outubro. Somando as 12 romarias que envolvem a festividade a estimativa é de 5 milhões de pessoas.


Despesas


De acordo com o Diretor Financeiro do Círio, Orlando Oliveira, este ano a festa será a mais cara da história devido às altas nos preços que interferem em todos os itens das despesas: “Este no o Círio vai custar em torno de R$3,3 milhões por conta da valorização do dólar que influência diretamente nos gastos com a festa, um reajuste de 7,14% em relação ao ano passado.” comentou o Diretor.


Ainda de acordo com a diretoria, os maiores gastos são com a evangelização, intensificada principalmente na quadra nazarena com as peregrinações que acontecem nas casas dos fiéis , e os gasto com doações para creches e instituições filantrópicas que são atendidas pela Diretoria do Círio.


(DOL com informações da Basílica Santuário)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS