Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
CÍRIO 2020

Fiéis buscam outras formas de expressar sua devoção pela padroeira dos paraenses

Mesmo sem as procissões, em razão da pandemia, há uma série de eventos para romeiros e turistas em Belém

sexta-feira, 09/10/2020, 08:19 - Atualizado em 09/10/2020, 19:15 - Autor: Alexandra Cavalcanti


| Wagner Santana/Diário do Pará

 

Sem procissões, mas nunca sem fé. É com esse pensamento que os paraenses se preparam para viver um Círio diferente este ano. Mesmo sem as ruas lotadas de fiéis em buscas das bênçãos de Nossa Senhora de Nazaré, por conta da pandemia, devotos procuram outras formas de manter algumas tradições. Por isso, além de garantir o almoço com a família neste domingo, muitos romeiros estão chegando para visitar a cidade e, por aqui vão encontrar uma programação especial em vários espaços públicos, que pode ser aproveitada com segurança, desde que respeitando todos os protocolos de proteção contra o novo coronavírus.

A reportagem do DIÁRIO DO PARÁ preparou uma lista de lugares que estarão abertos ao público durante o período do Círio, para quem estará visitando a cidade nessa época e também para aqueles que moram aqui possam encontrar uma forma de viver esse Círio diferente.

A Secretária de Estado de Cultura (Secult) preparou uma programação especial para o período do Círio é a Preamar da Fé, um cortejo de atividades, com exposições, feiras de artesanato, instalação audiovisual e apresentações musicais simultâneas. A programação será gratuita em todos os espaços. Veja:

l MUSEU DO ESTADO DO PARÁ: Exposição “Sala dos Milagres”. A curadoria reúne objetos deixados pelos romeiros em agradecimento pelas graças alcançadas, como casas em madeira, miriti, metal e cerâmica, roupas, esculturas em madeira e miriti, bengalas e velas, entre outros. De 01 a 12/10. Horário: terça a sábado: 9h às 14h. Domingo (incluindo o do círio) 9h às 13h. Endereço: Praça Dom Pedro II, s/n - Cidade Velha.

l MUSEU DE ARTE SACRA: A partir do dia 6, a Galeria Fidanza recebe a exposição “Sagrado”, com objetos litúrgicos, ex-votos, fotografias e instalações artísticas contemporâneas. De terça a domingo (incluindo o do Círio) das 9h às 17h. Endereço: Praça Frei Brandão, s/n - Cidade Velha.

l CASA DAS ONZE JANELAS: apresenta a exposição “Em cena: ex-votos de Nazaré”, montada Laboratório das Artes, que segue até o dia 01/11. Dias: 09, 10 e 11/10, das 9 às 17h. De terça a sexta-feira: 9h às 15h, sábado e domingo (Incluindo o do Círio) - 9h às 12h. Endereço: Praça Frei Brandão, s/n - Cidade Velha.

l ESTAÇÃO CULTURAL DE ICOARACI: A partir do dia 7, a escultura em miriti de Nossa Senhora de Nazaré, que compõe a exposição permanente do Museu do Círio desde 2010, bem como barcos do mesmo material, poderão ser visitadas, assim como a loja colaborativa montada pela equipe do Sebrae no Pará para fomentar o empreendedorismo local. De 07/10 a 01/11. De segunda a quinta: 10 às 18h e sexta a domingo: 10 às 21h. Endereço: R. Padre Júlio Maria, 937-995 – Cruzeiro, Icoaraci. No local também haverá apresentação musical, a Estação Musical, no dia 9/10, das 18h às 20h.

l FORTE DO PRESÉPIO: a área externa do espaço vai receber uma projeção com imagens do acervo do Museu da Imagem e do Som. A exposição audiovisual vai retratar cenas de procissões anteriores, acompanhada pela apresentação musical ao vivo de Salomão Habib, e será exibida no dia 17 de outubro, em três horários: às 19h, 19h30 e 20h. Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, s/n - Cidade Velha.

l TEATRO GASÔMETRO: inicia no dia 8/10 e segue até o dia 18, uma edição especial da série “Conhecer para Preservar”, veiculada semanalmente nas plataformas digitais da Secult. A exposição é uma iniciativa do Departamento de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (Dphac), em parceria com Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A mostra apresenta o Círio em oito painéis, com elementos que fazem parte do mosaico cultural da celebração: o almoço do Círio, os brinquedos de miriti, o Auto do Círio, o Arrastão do Pavulagem e a Festa das Filhas da Chiquita. De terça a domingo: 09h às 17h. Endereço: Av. Governador Magalhães Barata, 830 - São Brás,

l THEATRO DA PAZ: Apresenta a exposição “Festa e fé”, com objetos que retratam o Círio. De 9/10 a 25/10. Dias 9, 10 e 11/10, das 9h às 17h, terça a sexta-feira: 9h às 15h e sábado e domingo: 9h às 12h. Entrada gratuita. Paralelamente à visitação ao teatro continua normalmente de terça a sexta-feira, das 9h às 13h, aos sábados de 9h às 12h e domingo de 9h às 11h. O ingresso custo R$ 6, com meia entrada. É obrigatório o uso de máscara e somente grupos de 16 pessoas. Endereço: Rua da Paz S/N - Centro

l PARQUE URBANO BELÉM PORTO FUTURO: Exposição “Porto dos Miritis”, uma instalação visual constituída de 20 canoas, 50 pássaros e 100 objetos, confeccionados em miriti, distribuídos às margens do lago central do Parque. Os itens foram produzidos por um grupo de artesãos de Abaetetuba e fazem uma releitura das embarcações situadas em áreas ribeirinhas. Até o dia 12/10. Aberto das 6h às 22h. O Porto Musical será no dia 10/10 com apresentação musical das 18h às 20h. O Porto Futuro também vai abrigar a Feira de Artesanato do Círio, uma iniciativa do Sebrae no Pará.

l MUSEU DO CÍRIO: Possui um rico acervo documental do Círio e retrata a história da devoção popular em torno da celebração do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, celebrada, desde 1793, em Belém e tombada como patrimônio cultural imaterial brasileiro. O acervo reúne contempla as vertentes histórica, cultural e artística através de aproximadamente 2 mil peças. A visitação no período do Círio será de 03 a 11/10, de terça a domingo, das 9h às 17h. Endereço: R. Padre Champagnat, s/n - Cidade Velha. Entrada gratuita.

l MUSEU DE GEMAS: Possui um acervo com mais de 4 mil peças. Desde a cerâmica arqueológica Marajoara e Tapajônica, as cinco salas guardam elementos singulares, como muiraquitãs milenares, gemas encontradas em território paraense, material orgânico e verdadeiras obras de arte da natureza, como um tronco fossilizado. Visitação de terça-feira a sexta-feira, de 9h às 17h; sábados, de 9h às 13h; domingos e feriados, de 10h às 13h. Preço do ingresso: R$ 6 com direito à gratuidade crianças até 12 (doze anos), idosos, estudantes e professores.

l ESTAÇÃO DAS DOCAS: O Projeto “Círio na Estação 2020” está com uma programação que inclui mini arraial, exposições, missa e apresentações culturais como o espetáculo teatral da Trupe de Bubuia. A programação segue até o dia 30 de outubro, com horário de visitação das 10h às 22h e entrada franca. Local: Armazém 3 e Teatro Maria Sylvia Nunes - Estação das Docas - Av. Boulevard Castilho França, s/n, Campina. A agenda completa do Círio na Estação das Docas está disponível no site www.estacaodasdocas.com.br e nas mídias sociais do complexo: @estacaodasdocas.

l ILHA DO COMBU: A área possui 33 bares e restaurantes que vão estar funcionando normalmente no período do Círio. A travessia pode ser feita todos os dias, da Praça Princesa Isabel, na avenida Bernardo Sayão, no final da Alcindo Cacela, no bairro da Condor. De segunda a sexta-feira o custo de R$ 7, e finais de semana R$ 10.

l CATEDRAL METROPOLITANA: funcionará no período do Círio, no sábado (10) das 8h às 20h, no domingo (11) das 10h às 12h e das 16h às 20h e durante a semana das 8 às 12h das 14 às 20h.

l BASÍLICA DE NAZARÉ: na sexta-feira (9) sábado (10), a igreja estará fechada ao público. No domingo (11), a igreja abrirá as portas a partir das 15h.

Imagem iluminada da Santinha é a nova atração da Basílica Santuário

Desde às 20h de ontem, a Praça Santuário, localizada em frente à Basílica, ganhou uma nova atração. A imagem de Nossa Senhora de Nazaré de aproximadamente 12 metros de altura está toda iluminada em formato tridimensional e atrai diversos fiéis para o local. “Está linda, perfeita. O coração da gente se emociona só de ver essa imagem”, disse a autônoma Gil Pinheiro, 52.

A novidade faz parte das atrações que a Diretoria da Festa de Nazaré criou para o Círio 2020, já que não haverá procissões devido à pandemia de Covid-19. “A gente sabe que as pessoas vão procurar de alguma forma fazer suas orações, vão visitar a igreja e estar presentes aqui na praça. Então, nesses espaços abertos, foi o que coube fazermos para quem vem visitar, alternativa que a gente espera que vá ficar para os próximos anos”, afirma Roberto Souza, um dos diretores da Festa. Segundo ele, a Praça ainda receberá um túnel iluminado que vai retratar um pouco da história do Círio.

A imagem iluminada é formada por mais de 100 metros de cabos de aço e 15 mil mini lâmpadas de led. Somente para formar o manto, que tem bordados de flores e arabescos vermelhos e dourados, foram ficados 125 conjuntos de 100 lâmpadas de leds azuis.

A imagem fica sobre uma base decorada com representações de promesseiros da corda do Círio. Os romeiros também ganham representação a partir de peças de miriti, onde, ao fundo, é possível visualizar os principais pontos das procissões da festa, da Sé até a Basílica.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS