Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
PROGRAME-SE!

Fique atento! Programação do Círio começa terça e tem alterações

Mesmo com formato virtual, a Igreja Católica mantém um cronograma de atividades. Ontem, foram anunciadas mudanças no sábado (10), com missa mais cedo, horários diferentes e queima de fogos cancelada

sábado, 03/10/2020, 07:46 - Atualizado em 03/10/2020, 08:14 - Autor: Michelle Daniel


Os arcos estão quase finalizados e montados na avenida Nazaré como um espaço simbólico do Círio
Os arcos estão quase finalizados e montados na avenida Nazaré como um espaço simbólico do Círio | Celso Rodrigues

No formato virtual, a programação oficial do Círio 2020 sofreu algumas mudanças e já deve iniciar a partir da próxima terça-feira (7), com a missa de abertura da Vigília de Adoração. As retificações foram feitas ao longo dos últimos quase dois meses, desde quando foi anunciado, pelo arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira, que o Círio seria realizado no formato diferente do tradicional devido à pandemia do novo coronavírus.

Ontem, foram anunciadas mudanças na programação do Sábado, dia 10. Foi incluída uma santa missa às 7h, além da mudança no horário de algumas programações (ver box). Além disso, a queima de fogos que ocorreria em uma balsa próxima da Catedral da Sé foi cancelada.

Toda a programação dos três dias do próximo final de semana, poderá ser acompanhada pelos fiéis por meio da televisão ou da internet. De acordo com a Diretoria da Festa Nazarena, a Basílica Santuário vai permanecer fechada para visitação, assim como a Catedral de Belém. Somente a partir das 15h do domingo (10), a Basílica será aberta e a Praça Santuário, a partir das 17h. Os dois espaços terão monitoramento de visitantes, que deverão seguir as normas sanitárias exigidas pelas autoridades por conta da Covid-19.

Permanece na programação o sobrevoo que a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré fará dentro de um helicóptero em alguns pontos da Grande Belém. O trajeto não foi divulgado pela Diretoria da Festa, mas ele será feito a partir das 8h do domingo (10), após a missa na Catedral que será celebrada por Dom Alberto.

A programação do Círio 2020 foi denominada “Fé Sem Distância” e ganhou formato simplificado onde todas as procissões e eventos que são feitos com a presença dos fiéis foram transformados em celebrações transmitidos virtualmente em obediência às normas de segurança à saúde. As transmissões serão feitas no Youtube (canal TV Círio), TV Nazaré e TV Cultura.

Programação

Sábado

7h - Missa com os padres Barnabitas da Paróquia de Nazaré

9h30 – Pregação na Basílica pelo Padre João Paulo Dantas

11h30 – Descida da Imagem Original

18h – Missa na Capela do Colégio Gentil Bittencourt

19h – Exibição do documentário Plácido

19h30 – Exibição de documentário com grandes Momentos da Trasladação

20h40 – Live musical com transmissão ao vivo da decoração da berlinda

22h10 – Bênção do Cônego Roberto Cavalli na Catedral

22h15 – Live musical na Catedral

Arcos da avenida Nazaré estão sendo revitalizados

Como parte da programação do Círio 2020, os dois Arcos localizados na avenida Nazaré já estão quase todos revitalizados. A estrutura passa por serviços de limpeza, ajustes, pintura, troca da plotagem pelo mesmo layout do cartaz deste ano e revisão de todo o quadro elétrico e de iluminação. Os Arcos já existem há pelo menos três décadas e remetem à festividade dos católicos paraenses.

Em estrutura metálica desde 2008, os Arcos estão nas esquinas com as avenidas Generalíssimo Deodoro e 14 de Março. De acordo com Ronaldo Pinheiro, diretor de engenharia e patrimônio da Festa de Nazaré, o trabalho está sendo realizado ao longo de toda esta semana, no período da noite, que antecede o Círio. O objetivo é deixar tudo pronto para o início das programações, mesmo que este ano a festa nas ruas tenha sido suspensa por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Os Arcos enfeitam a avenida e marca o Círio. As pessoas vão vendo os cartazes, os ícones, os arcos, vai mexendo com todo mundo. Apesar de não ter a festa como antes, a gente segue a programação porque o Círio é algo íntimo e ele está dentro de nós, simboliza a festa maior que é prestar homenagem à Nossa Senhora de Nazaré”, diz Pinheiro.

 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS