Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
SINCRETISMO RELIGIOSO

Umbandistas cantam e tocam para homenagear Nossa Senhora

sexta-feira, 11/10/2019, 15:05 - Atualizado em 11/10/2019, 15:31 - Autor: Igor Reis


Umbandistas cantaram hinos para Maria, guia importante da religião afro-brasileira
Umbandistas cantaram hinos para Maria, guia importante da religião afro-brasileira | Via WhatsApp

Entre as milhares de pessoas que estiveram às margens da BR-316 para homenagear Nossa Senhora de Nazaré na manhã desta sexta-feira (11), um grupo em especial chamou atenção de quem passava pelo local. À beira da rodovia, cerca de 20 umbandistas se organizaram para cantar e tocar para a padroeira dos católicos.

■ Fumacê: polícia é acionada e mulher é obrigada a tirar a maniçoba do fogo

Hasteando bandeiras com pinturas de orixás e outros guias espirituais, os membros entoaram cantos e tocaram instrumentos em homenagem a santa, figura de grande relevância também dentro da religião afro-brasileira.

Apesar de muitas pessoas estranharem o fato, o sincretismo de Maria na Umbanda existe desde o nascimento do Brasil Colônia. A presença da santa faz-se notar no altar da Umbanda, onde encontramos com frequência imagens de Nossa Senhora da Conceição, de Aparecida ou de Nazaré.

As energias de orixás como Oxum e Iemanjá são sincretizadas com as das santas católicas desde o período da escravidão, quando a comunidade africana, para continuar cultuando sua espiritualidade, foi obrigada a dar nomes de santos católicos aos seus orixás, fator que fez do Brasil um dos países com a mais rica diversidade religiosa do mundo. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS