Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$
PROMESSAS

Exposição e transporte dos carros para os galpões da CDP é nesta quarta (9)

terça-feira, 08/10/2019, 21:53 - Atualizado em 08/10/2019, 22:17 - Autor: DOL


| Oswaldo Forte/Ag. Pará

Nesta quarta (9), os carros que fazem parte da grande romaria do Círio de Nazaré e também reconhecidos como uns dos grandes símbolos da procissão, serão conduzidos para os galpões da Companhia Docas do Pará (CDP), a partir das 21h. Antes, a partir das 7h, eles ficarão em exposição em frente à Basílica Santuário. Os veículos são retirados da Estação dos Carros pela Diretoria de Procissões e Guarda de Nazaré. Eles permanecem em frente à Basílica até a hora de serem transportados para o galpão da CDP. 

O percurso para a CDP permanece o mesmo, com 4 km, saindo pela Avenida Nazaré, Travessa 14 de Março e Rua Antônio Barreto, avenidas Doca de Souza Franco e Marechal Hermes até o armazém da CDP. 

Antes da saída dos carros será feita uma oração com todos os participantes, o que se repete na chegada à CDP. Durante o trajeto, os carros costumam ser homenageados pelos devotos e moradores, com várias manifestações de fé. Segundo a Diretoria, a cada ano é maior a participação dos devotos, já considerada uma pequena procissão. O público estimado são 3.000 pessoas. Serão transportados: Carro de Plácido, Barca dos Escoteiros, Barca Nova, quatro Carros dos Anjos, Cesto de Promessas, Barca com Velas, Barca Portuguesa, Barca com Remos, Carro Dom Fuas e Carro da Sagrada Família. 

Participam desse transporte até a CDP os Diretores da Festa de Nazaré, a Guarda de Nazaré, SEMOB, Guarda Portuária, Polícia Militar, Guarda Municipal, Cruz Vermelha e alguns promesseiros. 

História – Desde 1980 o transporte dos carros que participam da Festividade de Nossa Senhora de Nazaré é realizado desta maneira. Anteriormente, estes carros eram levados para a CDP na madrugada que antecede o Círio. O primeiro carro (dos Milagres) a ser inserido no Círio foi o que lembra o milagre acontecido em 1182 a Dom Fuas Roupinho, fidalgo português, que esteve prestes a despencar num abismo com seu cavalo, recorreu a Nossa Senhora de Nazaré e foi salvo. A ordem de inserção desse carro partiu da Rainha de Portugal, Dona Maria I, em 1805. 

 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS