Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
PREPARAÇÃO PARA O ENEM

Estudantes focam nos estudos e na fé a Nossa Senhora

domingo, 06/10/2019, 08:52 - Atualizado em 06/10/2019, 09:13 - Autor: Alexandra Cavalcanti


| Ricardo Amanajas/Diário do Pará

Entre os vários pedidos feitos para Nossa Senhora de Nazaré está o de conseguir uma boa nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujas provas estão marcadas para os dias 3 e 10 de novembro. A ideia é a de que estudar é essencial para conseguir alcançar uma vaga em uma universidade, mas a fé é um item que não pode faltar.

Aos 17 anos, a estudante Beatriz Pereira vai tentar pela primeira vez ingressar no curso de jornalista da Universidade Federal do Pará (UFPA). Para alcançar esse objetivo, ela enfrenta uma rotina bastante corrida. “Estudo pela manhã no terceiro ano do ensino médio, à tarde faço cursinho e tenho às vezes retorno na escola. Por isso, prefiro estudar quando chego em casa, à noite, depois de descansar um pouco, porque sei que se estiver muito cansada, não vou conseguir render”, conta.

Para ela, a principal questão que precisa ser resolvida em tempo de vestibular é equacionar o pouco tempo disponível como a grande quantidade de conteúdos para estudar. “Isso não é fácil. É preciso ter muita organização para conseguir manter uma rotina de estudos”, diz. Mesmo com toda a dedicação, ela diz que nem sempre é possível manter a tranquilidade. Nessa hora, é preciso se valer de outras possibilidades, uma delas é a fé. “Tem vezes que a gente acorda bem, super disposta achando que tudo vai dar certo. Em outros, você acorda achando que não está estudando o suficiente e começa a se desesperar. Nesse momento é preciso acreditar que alguém lá em cima está olhando por ti”, afirma.

Nascida em uma família católica, ela mantém uma imagem de Nossa Senhora de Nazaré em sua mesa de estudos. “É para me abençoar e me acalmar quando preciso”, diz. Além disso, ela sempre encontra uma forma de participar do Círio de Nossa Senhora de Nazaré e este ano não será diferente. “Vou atuar como voluntária da Cruz Vermelha fazendo o cadastramento das pessoas. Também estamos arrecadando dinheiro com um grupo de amigos para comprar mantimentos para serem levados à Casa de Plácido”, diz.

A estudante conta que também já está se preparando para cumprir a promessa feita esse ano. “Se conseguir passar, já prometi para Nossa Senhora que ano que vem vou ajudar os romeiros de alguma forma durante a procissão do Círio”, destaca.

CONFIANÇA

Aos 18 anos, Luiz Felipe Barbosa também se prepara para prestar Enem este ano, para o curso de Direito da UFPA. Para isso, mantém uma rotina de estudos que inclui, além das aulas do terceiro ano do ensino médio, cursinho e estudos em casa. “Estou confiante, mas às vezes fico apreensivo”, descreve.

Ricardo Amanajas/Diário do Pará
 

Nas horas de apreensão, o estudante diz contar com uma ajuda essencial, a de Nossa Senhora de Nazaré. “Venho de uma família católica, que frequenta a igreja e participa ativamente das festividades como o Círio de Nazaré. Por isso, acredito que em momentos como esse que estou passando é preciso ter muita fé para não se deixar abater”, acredita.

A devoção por Nossa Senhora leva o jovem a ter uma participação ativa no Círio de Nazaré todos os anos. “Dessa vez vou estar como voluntário da Cruz Vermelha”, conta. Ele afirma ainda já ter feito um pedido especial para a Virgem de Nazaré. “Se conseguir entrar na universidade vou acompanhar a procissão carregando um daqueles livros bem pesados de Direito”, diz.

Para ele, não há como desvincular a fé do estudo. “Acho que ela é responsável por 80% dessa vitória”, acredita ele, que também está ajudando a arrecadar dinheiro para comprar donativos que serão doados à Casa de Plácido, que acolhe romeiros durante o Círio de Nazaré.

Eles vão fazer o Enem, se dedicam aos estudos e são devotos de Nossa Senhora de Nazaré. No Círio deste ano, participarão como voluntários e estão confiantes de que, na Virgem de Nazaré, conseguirão boas notas.
| Ricardo Amanajas/Diário do Pará
| Ricardo Amanajas/Diário do Pará

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS