Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
ECONOMIA

Pesquise e economize nos ingredientes para o almoço de Círio

quarta-feira, 02/10/2019, 07:26 - Atualizado em 02/10/2019, 07:45 - Autor: Alexandra Cavalcanti


Maniva
Maniva | Mauro Ângelo/Diário do Pará

Para quem deseja antecipar as compras dos ingredientes para o almoço do Círio de Nazaré, as principais feiras e pontos comerciais de Belém estão abastecidos de produtos como maniva, tucupi, camarão, pato e jambu. Mas, antes de ir às compras, no entanto, é preciso pesquisar os preços.

Na Ceasa, é possível encontrar alguns desses ingredientes a preços bem em conta. A garrafa com dois litros de tucupi está sendo vendida no local por R$ 2 e R$ 3. “Acho que vamos conseguir manter esse valor até a semana do Círio”, diz a vendedora Alessandra Navegantes, que costuma vender, durante o período da festa religiosa, cerca de 200 garrafas.

Entre os produtos de menor preço comercializado no local está o jambu. O maço grande é vendido a R$ 0,50. “Possivelmente na semana do Círio deve aumentar um pouco e chegar a R$ 1”, disse a vendedora Carmen Portilho. No local, se encontra apenas a maniva pré-cozida já ensacada, com valores que variam entre R$ 3 e R$ 3,50, o pacote com dois quilos.

Na feira do Ver-o-Peso, a oferta de ingredientes está farta. Lá tem praticamente todos os produtos necessários para o preparo, desde pato, passando pelo jambu, maniva e camarão. O maço grande do jambu está sendo comercializado em média por R$ 1 e R$ 2. Já o pato, tanto abatido quanto vivo, está sendo vendido, em média, por preços que variam entre R$ 70 (menor) e R$ 80 (maior) a unidade.

CAMARÃO

Já o camarão, usado no vatapá e arroz paraense, é comercializado, esta semana, por preços que variam entre R$ 40 (graúdo), R$ 30 (médio) e R$ 20 (miúdo). “Provavelmente não vamos ter como manter esse preço até a semana do Círio. O produto deve ter um aumentozinho na próxima semana”, informou o vendedor Walber Júnior.

Na feira, o pacote com dois quilos de maniva pré-cozida está sendo comercializado, em média, por R$ 4. “Estamos vendendo bastante e devemos manter esse preço até a semana da festividade”, garantiu o vendedor Geziel Silva, que há dois anos trabalha vendendo o produto no Ver-o-Peso.

Geziel Silva já comprou a sua maniva.
Geziel Silva já comprou a sua maniva. Mauro Ângelo/Diário do Pará
 


Ele também comercializa tucupi que este ano está custando entre R$ 5 e R$ 6 a garrafa com dois litros. “Não sei se vou conseguir manter esse valor até o Círio porque a mandioca, de onde tiramos o tucupi, está muito cara”, justificou ele, que costuma comercializar durante a festa nazarena entre 500 e 1.000 garrafas do produto.

Segundo quem resolveu antecipar as compras dos ingredientes do almoço do Círio, os preços estão acessíveis. “Por enquanto estou gostando dos valores que tenho encontrado”, disse a dona de casa, Sheila Barbosa. Ela foi ao Ver-o-Peso para comprar maniva pré-cozida. “Vou levar dez quilos porque já quero antecipar o preparo, já que vai ficar cozinhando ainda por uns dez dias”, contou ela que vai receber convidados em casa para o almoço do Círio.

Feiras de agricultura familiar

Os ingredientes do almoço do Círio também podem ser encontrados dentro de projetos que ofertam esses produtos a preços mais em conta. Um deles é o “Vem Pra Feira”, promovido pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe), que vai comercializar ingredientes de um dos mais tradicionais pratos dessa época: o pato no tucupi (veja mais no box ao lado).

Coordenadora de Trabalho e Produção da Diretoria de Reinserção Social da Susipe, Ruth Benassuly explica que o “Vem pra Feira” é resultado do Projeto Nascente. Nele, 42 internos da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel (CPASI) são capacitados no trabalho com a agricultura familiar. “Com ele oferecemos a oportunidade de remissão de penas por meio do trabalho. A cada três dias trabalhados, eles têm um dia de remissão”, explica.

A feira oferece produtos em média 20% mais baratos em relação ao preço dos supermercados da cidade. “São produtos naturais, sem agrotóxicos e com preços mais em conta. O pato abatido, por exemplo, será comercializado por R$ 25 o quilo. Já o maço grande do jambu sairá por R$ 3 e o tucupi por R$ 4, o litro”.

Outra oportunidade para comprar os ingredientes do almoço do Círio será durante a Feira da Agricultura Familiar da Universidade Federal do Pará (UFPA), nos dias 4 e 10 de outubro, das 8h às 13h, no Espaço Vadião, campus básico da Universidade. O objetivo é promover a comercialização de produtos agroecológicos e aproximar o produtor familiardos consumidores.

PRODUTOS

Serão comercializados tucupi, jambu e pato, além de outros produtos como frango caipira, peixes, camarão, verduras, hortaliças, frutas regionais, queijos, mel, polpas de frutas regionais e plantas ornamentais. A novidade é a possibilidade de pagar com cartão de crédito. A produção é proveniente de pequenos agricultores da ilha de Mosqueiro e dos municípios de Abaetetuba, Barcarena, Bragança, Irituia, Santa Izabel e Salinópolis.

Maniva
Maniva Mauro Ângelo/Diário do Pará
 


INGREDIENTES DO ALMOÇO DO CÍRIO

ONDE PODE SER ENCONTRADO

- Ver-o-Peso

- Ceasa – Estrada do Murutucum, Km 4, s/n – 24h

- Vem pra feira – Dia 3/10, na sede da Susipe (rua dos Tamoios, nº 1952; dia 4/10, no Museu Emílio Goeldi e dia 5/10, no Jardim Universitário (Residencial Jardim Universitário, av. Perimetral 07, apenas para condôminos) – das 7h às 12h

- Feira da Agricultura Familiar da UFPA. Dias 4 e 10 de outubro.Local: Espaço Vadião, das 8h às 13h.

MÉDIA DE PREÇOS

- Pato – Entre R$ 70 e R$ 80 (a unidade)

- Jambu – Entre R$ 0,50 e R$ 2

- Maniva pré-cozida – Entre R$ 3 e R$ 4 (2 quilos)

- Camarão – R$ 40 (graúdo), R$ 30 (médio) e R$ 20 (miúdo)

- Tucupi – entre R$ 2 e R$ 6(a garrafa com 2 litros)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS