Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
NOSSA SENHORA

Capital já está em preparação total para o Círio 2019

domingo, 22/09/2019, 10:14 - Atualizado em 22/09/2019, 10:14 - Autor: Cintia Nolasco Magno abbadie


| Wagner Santana/Diário do Pará

Pelas ruas de Belém, casas e prédios já enfeitam suas portas e fachadas com imagens de Nossa Senhora de Nazaré. A poucos dias do Círio 2019, o clima da festividade já se faz presente em vários pontos da cidade. Para que tudo esteja pronto no segundo domingo de outubro, quem também já vivencia intensamente a atmosfera do Círio são os grupos que oferecem apoio aos promesseiros durante a grande procissão.

Vindo das caixas de som instaladas ao longo do percurso da romaria, as vozes que incentivam os promesseiros a puxarem a corda e transmitem mensagens de evangelização são dos 20 voluntários que atuam no grupo de animadores do Círio. Dos estúdios de rádio da Fundação Nazaré, sacerdotes, freiras, diáconos e teólogos cumprem a importante missão de motivar os romeiros.

“É uma responsabilidade grande lidar com a fé das pessoas, então é preciso manter o profissionalismo, mas sem deixar de considerar o lado missionário”, aponta a coordenadora do grupo de animadores, Elyvane Barbosa, 49 anos. Para que tudo esteja pronto para a Trasladação e o Círio, momentos em que o grupo atua, Elyvane conta que dá início à preparação do livro que contém o roteiro da animação em junho.

Além do roteiro, construído com base no Livro das Peregrinações de cada ano, no dia do Círio o grupo também acompanha a procissão pela televisão e mantém contato direto com a Diretoria da Festa de Nazaré, via rádio comunicador, para identificar os trechos em que é necessário reforçar a motivação dos fiéis. “A partir das informações da Diretoria da Festa, sabemos que trecho necessita que os promesseiros levantem a corda, por exemplo”, conta a coordenadora. “Precisamos manter a motivação como se estivéssemos no meio da procissão”.

Para que não se torne cansativo demais, os voluntários revezam a animação, composta por 3 fases: oração, reflexão e motivação. Com o roteiro deste ano finalizado, o grupo mantém a expectativa pela chegada da grande romaria. “Fica sempre uma expectativa porque a responsabilidade é grande”, avalia. “Todos os anos, quando a berlinda chega no ponto final, a gente se emociona”.

Guarda

Quem também não esconde a emoção pela missão abraçada é o Guarda de Nazaré Max Júnior, 40. Desde que as peregrinações com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré tiveram início, em empresas e repartições públicas, ele segue em preparação para a procissão do segundo domingo de outubro. “Participamos da Trasladação e eu durmo no Colégio do Carmo para que possamos, de manhã cedo, acompanhar o Círio”, explica, ao falar da expectativa sentida pela proximidade da data. “Toda quinta-feira tem reunião da Guarda de Nazaré e já começam os avisos e a preparação”.

Max conta que faz parte da Guarda há 3 anos, quando recebeu um chamado para integrar a equipe de voluntários que atua na segurança da imagem peregrina durante as procissões. “Eu sofri um acidente de moto e tive que ir para a UTI. Passei por uma cirurgia muito difícil, mas fui salvo”, conta. “Eu senti um chamado de Cristo para vir para a Guarda. Foi aqui que eu senti a presença de Deus e sigo como voluntário”.

Wagner Santana/Diário do Pará
 

Fundamental na garantia dos atendimento de saúde necessários durante o Círio, a Cruz Vermelha ainda aguarda pela chegada de novos voluntários para que todas as ações de primeiros socorros previstas possam ser executadas com o máximo de segurança.

Diretor de comunicação da entidade, Carlos Moraes aponta que as inscrições para voluntários temporários abriram em 1º julho deste ano, porém, ainda não foi possível atingir o número ideal de voluntários para atuação nas 12 romarias da festividade nazarena. “Temos 3.200 voluntários efetivos na Cruz Vermelha, mas a nossa meta é manter a mesma quantidade de voluntários que atuou no ano anterior, que foi de 5.800 pessoas e, para isso, contamos com os voluntários temporários”.

Com a proximidade da festa, a preocupação é que os voluntários ou instituições parceiras deixem para realizar a inscrição muito em cima da data das romarias, já que tais candidatos precisarão passar por treinamento. “A grande somatória desses voluntários temporários vem de instituições que realizam parceria, como universidades, por exemplo. Até agora 11 instituições nos procuraram”, aponta Carlos. “Estamos às vésperas do Círio, então isso cria certa ansiedade e preocupação porque somos os responsáveis pelos atendimentos”. Este ano, a Cruz Vermelha atuará com 15 postos de atendimento na Trasladação e com 21 postos no Círio.

Voluntários da cruz vermelha

Quem tiver interesse em se inscrever como voluntário temporário da Cruz Vermelha pode fazê-lo na loja da Cruz Vermelha, no Parque Shopping, na Augusto Montenegro, ou através do site.

A entidade também necessita de doações de materiais de primeiros socorros, higiene pessoal e limpeza ( higienização dos equipamentos). Para mais informações sobre como fazer as doações, pode-se entrar em contato através do (91) 99602-3220 e (91) 99629-4125.

Organização entra na fase de ajustes finais

Por parte da Diretoria da Festa de Nazaré a organização do Círio 2019 segue para a fase de ajustes finais. Diretor de Procissões do Círio 2019, Antônio Sousa aponta que tanto as áreas de segurança e saúde, quanto os elementos que compõem as procissões, como a berlinda, os carros e a corda já estão estruturadas.

“São mais de 25 mil pessoas que se juntam para que toda essa programação seja concretizada”, aponta, ao se referir à organização e também aos parceiros como órgãos de segurança pública, de atendimento de saúde e demais voluntários. “Agora é a reta final. É quando a montagem em si começa a se concretizar”.

Segundo estimativa da organização, a perspectiva é de que o Círio 2019 seja concluído por volta de 12h30, como vem ocorrendo nos últimos anos. De qualquer maneira, o diretor reforça que quem faz o tempo da procissão são os próprios romeiros.

O que se pode garantir, segundo ele, é que todo o possível está sendo feito para que os paraenses tenham uma festividade bonita e tranquila. “Por mais que a gente trabalhe com o Círio todos os anos, cada Círio é um ano novo. E a expectativa para este ano são as melhores possíveis”, reforça. “Estamos trabalhando para ter um Círio organizado e repleto de emoções”.

12h30

Segundo estimativa da organização, a perspectiva é de que o Círio 2019 seja concluído por volta de 12h30.

Divulgação
 


| Wagner Santana/Diário do Pará
| Wagner Santana/Diário do Pará
| Wagner Santana/Diário do Pará

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS