Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


31°
R$

Notícias / Notícias Brasil

Notícias Brasil

Bolsonaro nega apoio a migrantes e afirma: 'não é qualquer um que entra em nossa casa'

quarta-feira, 09/01/2019, 06:21 - Atualizado em 09/01/2019, 07:26 - Autor:


Na manhã desta quarta-feira (09), Jair Bolsonaro (PSL), descendente de imigrantes italianos que fugiram da Europa rumo ao Brasil no século XIX, publicou em sua conta no twitter a saída do Brasil do Pacto Pacto Global para Migração Segura, Ordenada e Regular, regulamentado pela ONU e assinado por 181 países.


De acordo com ele, que confirma a revogação da adesão ao Pacto Global para Migração, o Brasil deve ter soberania na decisão sobre “aceitar ou não migrantes”. O capitão reformado disse ainda que quem migrar para o país, “deverá cantar nosso hino e respeitar nossa cultura”. Ele terminou o texto com uma frase escrita em caixa alta e que deixa bem claro o seu objetivo. Veja:


 




 


O que é o pacto?


 O pacto foi aprovado pelas Nações Unidas, no último mês de dezembro. Ao todo, 181 países votaram a favor do documento, inclusive o Brasil, ainda presidido por Michel Temer. Estados Unidos e Hungria foram contrários. República Dominicana, Eritreia e Líbia se abstiveram.


O objetivo da iniciativa é promover a resposta internacional adequada aos fluxos em massa e situações prolongadas de refugiados. No final de 2017, existiam quase 25,4 milhões de refugiados em todo o mundo, segundo a Agência Brasil. Atualmente, apenas 10 países acolhem 60% das pessoas nessa situação. Só a Turquia abriga 3,5 milhões de refugiados, mais do que qualquer outro país.


(Com informações do portal Notícias ao Minuto)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS