Notícias / Brasil

NOVO GOVERNO

Bolsonaro escolhe ministro da Saúde investigado por fraude em licitações

Terça-Feira, 20/11/2018, 20:53:26 - Atualizado em 20/11/2018, 21:14:08 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Bolsonaro escolhe ministro da Saúde investigado por fraude em licitações (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O novo ministro da Saúde, anunciado por Jair Bolsonaro esta terça-feira (20), é investigado por fraude em licitação, tráfico de influência e caixa dois.

O deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), médico ortopedista, foi anunciado pelo presidente eleito por meio do Twitter após reunião com representantes do setor público e privado.

De acordo com a proposta orçamentária do governo para 2019, Mandetta terá disponíveis 128,19 bilhões de reais, o segundo maior orçamento da administração federal, atrás apenas do Ministério do Desenvolvimento Social (745 bilhões de reais), que cuida da Previdência.

Ex-secretário da Saúde de Campo Grande (MS) entre 2006 e 2010, no governo de André Pucinelli (MDB), o futuro ministro responde a um inquérito aberto quando ele estava no cargo. Ele é investigado por práticas de corrupção na implementação de um sistema de prontuário eletrônico durante o período em que foi secretário no Mato Grosso do Sul.

(Com informações do El País)





Comentários

Destaques no DOL