Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$

Notícias / Notícias Brasil

Notícias Brasil

Bolsonaro faz gesto de arma de fogo mesmo depois de esfaqueado

sábado, 08/09/2018, 19:36 - Atualizado em 08/09/2018, 20:21 - Autor:


Os aliados de Jair Bolsonaro disseram, na sexta-feira (7), que, após o atentado contra o presidenciável, a sua campanha dele iria ‘reduzir a tensão’. Mas o candidato do PSL apareceu nas redes sociais em uma foto na qual faz o polêmico gesto que simula ter duas armas em mãos. Quem fez a publicação foi o filho de Jair, Flávio Bolsonaro.


Na postagem, Flávio, que também é deputado estadual e candidato ao Senado pelo Rio de Janeiro, diz que a saúde do pai está evoluindo e que Jair começará a fisioterapia. “Muito obrigado a todos pela força e pelas orações! Pessoal do Rio de Janeiro, amanhã (domingo), às 11h, no posto 6, tem ato pela vida de Bolsonaro, em Copacabana”, completou o parlamentar.


A postagem já tem cerca de 155 mil curtidas em 7 horas.


Leia mais:



Jair Bolsonaro está internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Israelita Albert Einstein, onde foi feita a fotografia, desde a sexta-feira (7).


Na quinta-feira (6), durante um ato público em Juiz de Fora, o deputado federal foi esfaqueado, enquanto era carregado por seus eleitores.


Segundo o boletim médico divulgado pelo hospital, Bolsonaro saiu da cama pela primeira vez neste sábado (8). Também diz que o parlamentar está consciente, em boas condições clínicas e continua com alimentação via endovenosa.


O general de reserva Hamilton Mourão, vice de Jair, disse à imprensa que a palavra de ordem da campanha dele seria a redução da radicalização e ataques entre adversários. Ele disse que Bolsonaro ligou para ele na noite de sexta-feira (7) e falou que precisava “mudar o tom”.


 




 


(Com informações de Estado de Minas)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS