Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


31°
R$

Notícias / Notícias Brasil

Notícias Brasil

Recompensa de R$ 50 mil é oferecida por informações de PM sequestrada por criminosos

segunda-feira, 06/08/2018, 17:53 - Atualizado em 06/08/2018, 17:53 - Autor:


Uma recompensa de R$ 50 mil está sendo oferecida para quem tiver informações que ajudem a localizar a policial militar Juliane dos Santos Duarte, de 27 anos, que desapareceu na madrugada da última quinta-feira (2), em Paraisópolis, uma favela na Zona Sul de São Paulo.

Juliane teria sido capturada por quatro criminosos após uma confusão dentro de um bar.  Alguns dos envolvidos usavam touca e estavam armados. Era a primeira madrugada dela das férias deste ano da corporação.

De acordo com o corregedor da PM, coronel Marcelino Fernandes, a moto que a policial usava foi encontrada no Alto de Pinheiro e a polícia trabalha na identificação dos envolvidos.

"Os batalhões de choque [estão] fazendo policiamento dia e noite na região. Entrevistando e revistando pessoas que entram e saem da comunidade. É uma ocupação territorial", disse o coronel em entrevista ao UOL.

Juliane é cabo da policial militar há dois anos e está lotada em uma companhia que faz patrulhamento no Jabaquara, bairro da zona sul da capital. A policial mora apenas com a mãe, Cleusa dos Santos, 57, que sofre de câncer na medula óssea.

Juliane é a filha mais nova de três irmãos. A última vez que a família esteve junta, segundo a mãe, foi no nascimento de um sobrinho da policial, na segunda-feira passada (30).

"Meu coração de mãe está assim: sabe quando você pega um pedaço de carne e faz um corte bem profundo? É assim que ele está. Jorrando muito sangue, pequeno, sofrendo. Mas a mente tem esperança. Meu racional está bem esperançoso", disse a mãe da policial.

Além de oferecer a recompensa, a Secretaria da Segurança Pública realiza uma operação com cerca de 100 policiais nas buscas por Juliane.

(Com informações do portal UOL)


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS