Notícias / Brasil

ACUSADA

Presa pastora que teve os filhos abusados e queimados vivos pelo marido

Quinta-Feira, 21/06/2018, 10:10:50 - Atualizado em 21/06/2018, 10:12:05 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Foi presa na quarta-feira (20), a pastora Juliana Salles, acusada por três crimes contra os filhos mortos queimados pelo padrasto no último mês de abril. O caso ocorreu em Linhares no Espírito Santo.

Segundo o UOL, a pastora vai responder junto com o marido por duplo homicídio, estupro de vulnerável e fraude processual.

Preso no dia 28 de abril, Georgeval Alves Gonçalves, marido de Juliana, é suspeito de agredir, abusar sexualmente e queimar vivos o enteado de seis anos e o filho de três.

Além dos três crimes pelos quais está sendo acusada a esposa, Georgeval também vai responder por tortura.

Após o ocorrido, Juliana saiu da casa em que moravam no Espírito Santo e foi para Minas Gerais onde foi encontrada na casa de amigos com um dos filhos de um ano.

(Com informações do UOL)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL