Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

Notícias Brasil

Garoto que sofria bullying atira e mata dois colegas em escola de Goiânia

sexta-feira, 20/10/2017, 12:32 - Atualizado em 20/10/2017, 12:46 - Autor:


Duas crianças, uma de 12 e outra de 13 anos, foram mortas e outras cinco pessoas ficaram feridas após um atentado a tiros, na manhã desta sexta-feira (20), dentro de um colégio particular em Goiânia. O crime ocorreu por volta da 11h50, na transição da quinta para a sexta aula.


Pessoas que estavam no local, afirmaram que um aluno do 8° ano, de 14 anos, filho de um major da Polícia Militar, levou uma arma para o local e disparou contra os alunos dentro da sala de aula, de forma aleatória.


Colegas do garoto afirmaram que ele sofria bullying por não usar desodorante e tinha apenas um amigo. Familiares dos alunos e das vítimas estão chegando no local a todo momento. O garoto estudava no colégio há cerca de 4 anos.


Um garoto que estudava na mesma turma do menor atirador disse que o atirador disparou cerca de dez vezes. "Acho que o primeiro tiro foi sem querer, a gente achou que era bombinha na escola, depois ele sacou a arma da mochila e começou a atirar em todo mundo, e todo mundo saiu correndo", disse o aluno.


O atirador já foi retirado do local e encaminhado para a Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai). 


(Com informações do portal Diário de Goiás)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS