Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
EVASÃO

Covid deixa 5,1 milhões de crianças e adolescentes sem aula

Devido aos impactos negativos da pandemia, o acesso à educação no Brasil pode regredir mais de 20 anos, segundo a Unicef.

quinta-feira, 29/04/2021, 16:26 - Atualizado em 29/04/2021, 16:26 - Autor: Com informações do Estadão


Imagem ilustrativa da notícia Covid deixa 5,1 milhões de crianças e adolescentes sem aula
| Reprodução

A pandemia do novo coronavírus gerou uma série de transtornos em diversas áreas, inclusive na educação. Com a falta de acesso à internet, milhões de estudantes foram diretamente afetados, o que aumentou o número de abandonos nas escolas em todo o país. 

Cerca de 5,1 milhões de crianças e adolescentes ficaram sem aulas na pandemia no Brasil. Esse número representa 13,9% da população de 6 a 17 anos do país. Com isso, o acesso à educação no Brasil pode regredir duas décadas. 

A informação foi confirmada por uma pesquisa divulgada pelo Unicef, nesta quinta-feira (29), em parceria com o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). 

De acordo com especialistas, um dos principais fatores para o aumento no abandono dos estudos está diretamente ligado com as barreiras com o ensino remoto. 

A preocupação é ainda maior nas regiões mais pobres do país. De acordo com dados do estudo, as crianças entre 6 e 10 anos que vivem em áreas rurais das regiões Norte e Nordeste são as que mais sofrem com a exclusão escolar ocasionada pela pandemia. A ausência da escola é ainda maior entre crianças indígenas, pretas e pardas. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS