Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
QUEM MANDOU MATAR?

Quase 3 anos depois de ser assassinada, Marielle Franco será homenageada na Argentina

Enquanto as investigações se arrastam, segue o mistério sobre quem são os mandantes do assassinato da vereadora.

sexta-feira, 12/03/2021, 07:30 - Atualizado em 12/03/2021, 08:51 - Autor: Com informações do portal Sputnik Brasil


Imagem ilustrativa da notícia Quase 3 anos depois de ser assassinada, Marielle Franco será homenageada na Argentina
| Divulgação

No próximo domingo (14), quando se completam 3 anos do assassinato de Marielle Franco, uma placa será instalada no metrô de Buenos Aires, Argentina. A iniciativa partiu da deputada Maria Belli, que integra a mesma ala política do presidente argentino Alberto Fernández, a Frente de Todos.

A homenagem permanente à vereadora ficará na estação Rio de Janeiro, na linha A, azul, do metrô de Buenos Aires. A placa terá um QR code no qual será possível acessar a história da vereadora.

Em entrevista publicada pelo portal UOL, a deputada responsável pela ação afirmou que a homenagem é fruto de longa negociação.

Para a legisladora argentina, Marielle é uma mulher com trajetória do tipo que "muda os rumos da sociedade e da história" e deve ser lembrada sempre.

 

Reprodução
 

A placa trará a seguinte mensagem: "Em memória de Marielle Franco (1979 - 2018). Vereadora do Rio de Janeiro, defensora dos Direitos Humanos e da comunidade LGBTQIA +, assassinada em 14 de março de 2018".

A vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, que a acompanhava, foram assassinados a tiros no Centro do Rio de Janeiro na data referida. As investigações ainda não concluíram quem foi o mandante do crime.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS