Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
BLITZ

Idoso apresenta CNH de Padre Cícero e Frei Damião em blitz e 'milagre' acontece. Entenda!

O documento foi adquirido em Juazeiro do Norte (CE). Segundo o idoso, o vendedor garantiu que a carteira era válida em todo o país

quinta-feira, 11/03/2021, 17:55 - Atualizado em 11/03/2021, 18:04 - Autor: Com informações Metrópoles


Imagem ilustrativa da notícia Idoso apresenta CNH de Padre Cícero e Frei Damião em blitz e 'milagre' acontece. Entenda!
| Reprodução/Whatssap

Um idoso de 62 anos foi parado em uma blitz na rodovia AL-210 em Paulo Jacinto, em Alagoas, na última quarta-feira (10), e, ao ser questionado pelos agentes sobre a carteira de habilitação, ele apresentou um documento em nome do padre Cícero e Frei Damião, no verso.

Na ocasião o aposentado explicou aos agentes que havia adquirido a CNH em Juazeiro do Norte, no Ceará, há oito meses e a pessoa que vendeu para ele assegurou que o “documento” seria válido em todo o país.

De acordo com o comandante do Batalhão de Polícia Rodoviário da região (BPRv), tenente-coronel Liziário, informou que o homem pilotava uma motocicleta sem capacete, sem placa e sem retrovisor e ainda carregava na garupa a neta de 7 anos. E, para a surpresa de todos, a carteira de motorista tinha o nome, foto e ano de nascimento de Frei Damião, frade italiano, e do outro lado as mesmas informações, só que do Padre Cícero. Ambas figuras religiosas muito respeitadas no Nordeste morreram em 1997 e 1934, respectivamente.

 

Reprodução/Whatssap
 

 

Reprodução/Whatssap
 

Na ocasião foi explicado ao idoso que ele tinha sido vítima de um golpe. No entanto, ele se exaltou e insistiu que o vendedor tinha razão.

“As equipes orientaram que aquilo ali [a carteira] não existia, que ele foi enganado. Mas o homem alegou que estava certo e discutiu com a guarnição. Ele fez a maior confusão com a equipe achando que o vendedor estava certo. Acho que o rapaz vendeu a carteira porque viu que o homem era de certa idade, um pouco ingênuo”, disse o coronel.

MILAGRE?

Apesar da situação parecer até esdruxula e digna de uma punição, não aconteceu absolutamente nada com o idoso!

Os policiais rodoviários informaram ainda que não autuaram o homem por fraudar a documentação necessária para pilotar, porque entenderam que o “documento” era apenas uma lembrança. E mais: como os agentes não estavam com o guincho, a moto do ancião não foi recolhida.

“Ele recebeu todas as notificações que preconizam o CTB [Código de Trânsito Brasileiro], mas como nós estávamos sem o guincho, nós não recolhemos a moto dele. E como a gente viu a situação, já um senhorzinho com criança, a gente colocou a moto em cima da caminhonete, colocamos os dois na viatura e levamos até a residência dele”, informou o comandante.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS