Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
MOMENTOS DE TERROR

Criminoso sequestra e obriga mulher a ir até motel com homem armado

Homem usava arma falsa e falava que ia matar a mulher após cometer o estupro

domingo, 07/03/2021, 16:48 - Atualizado em 07/03/2021, 16:48 - Autor: Com informações do portal R1 Rondônia


Imagem ilustrativa da notícia Criminoso sequestra e obriga mulher a ir até motel com homem armado
| Reprodução

Uma mulher de 36 anos viveu momentos de pânico, na tarde do último sábado (6), após ser sequestrada e forçada a ir a um motel com um homem que usava uma arma falsa na cidade de Porto Velho, em Rondônia. A vítima foi salva por um policial penal que desconfiou da cena. As informações são do portal R1 Rondônia. 

De acordo com informações prestadas à Polícia Civil, a vítima relatou que transitava em uma motocicleta no bairro Lagoa quando foi surpreendida por um homem que a derrubou do veículo e, usando uma arma, a rendeu. O criminoso obrigou a mulher a dirigir até um motel próximo.

No primeiro motel onde pararam, a atendente não liberou a entrada, e a mulher foi obrigada a se deslocar a outros motéis da Zona Leste por cerca de uma hora até chegar a um localizado no bairro Teixeirão. Durante o trajeto, segundo a vítima, o agressor passava as mãos nos seios, nádegas e todo o corpo dela.

De acordo com a polícia, no motel do bairro Teixeirão, havia um policial penal na recepção. O agente desconfiou pois o homem estava sem capacete, e a condutora da moto nervosa. Ele liberou a entrada e, em seguida, foi até o quarto verificar o que acontecia.

O policial penal encontrou a vítima chorando e o suspeito tentando forçar a entrada dela no quarto. Com isso, se apresentou como policial e deteve o criminoso. O estuprador ainda tentou alegar que a situação era “briga de marido e mulher”.

A vítima contou também que, antes da intervenção do policial, o homem havia falado que já tinha estuprado uma mulher no mesmo dia e que iria matá-la após o estupro.

A Polícia Militar (PM) foi chamada e conduziu o suspeito até a Central de Flagrantes, onde o delegado plantonista confirmou a prisão dele pelos crimes de roubo e estupro.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS