Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
MUDANÇAS

Conselheiros da Petrobras deixam cargo após troca de presidente

João Cox, Nivio Ziviani, Paulo Cesar e Omar Carneiro tomaram a decisão após o presidente Bolsonaro indicar o general Joaquim Silva e Luna ao comando da Petrobras

quarta-feira, 03/03/2021, 15:34 - Atualizado em 03/03/2021, 15:34 - Autor: Cominformações ISTOÉ


Imagem ilustrativa da notícia Conselheiros da Petrobras deixam cargo após troca de presidente
| Reprodução

Quatro membros do conselho de administração da Petrobras informaram na noite desta terça-feira (2) que não vão aceitar a recondução ao cargo na próxima assembleia geral extraordinária da estatal. 

João Cox Neto, Nivio Ziviani, Paulo Cesar de Souza e Silva e Omar Carneiro da Cunha Sobrinho tomaram a decisão após o presidente Jair Bolsonaro indicar o general Joaquim Silva e Luna ao comando da Petrobras para o lugar de Roberto Castello Branco, que tem mandato até 20 de março.

De acordo com a imprensa, Cox Neto e Ziviani enviaram um comunicado ao mercado agradecendo o convite para a recondução ao Conselho, mas disseram que não poderão aceitar por “razões pessoais” a decisão do presidente da República.

Souza e Silva declarou que por conta de seu mandato ser “interrompido inesperadamente, peço, por favor, para não ser reconduzido ao Conselho de Administração na próxima Assembleia”.

Já o conselheiro Omar Carneiro da Cunha, que é ex-presidente da Shell, disse que “em virtude dos recentes acontecimentos relacionados às alterações na alta administração da Petrobras, e os posicionamentos externados pelo representante maior do acionista controlador da mesma, não me sinto na posição de aceitar a recondução do meu nome como Conselheiro desta renomada empresa, na qual tive o privilégio de servir nos últimos sete meses”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS