Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
EM LIBERDADE

Juíza manda soltar empresário que matou esposa por causa de futebol

O empresário, que confessou o crime, ficou menos de um mês preso.

sexta-feira, 26/02/2021, 21:35 - Atualizado em 26/02/2021, 21:52 - Autor: Com informações do UOL


Casal torcia para times rivais
Casal torcia para times rivais | Reprodução Instagram

O empresário Leonardo Souza Ceschini, preso após matar sua esposa a facadas por causa de um jogo de futebol, na zona oeste de São Paulo, foi solto pela Justiça na manhã desta quinta-feira (25). O empresário, que confessou o crime, ficou menos de um mês preso.

A decisão foi da Juíza Giovanna Colares, da 5ª Vara Criminal, alegando que o homem havia sido preso preventivamente e, nesse caso, a denúncia contra ele deveria ser apresentada em até cinco dias, após a conclusão do inquérito policial.

O caso foi registrado como homicídio qualificado, mas, em denúncia, o MP-SP (Ministério Público de São Paulo), pede que o empresário responda por feminicídio, crime mais grave com punições maiores. No momento, Leonardo responde em liberdade após assumir o crime.

O caso

O casal começou a brigar após comemorações pelo título do Palmeiras na Libertadores, no último dia 30 de janeiro. O homem ficou chateado, pois torcia pelo Corinthians, e sua esposa, pelo Palmeiras.

No local, os agentes encontraram a mulher com diversos ferimentos de faca. Foi realizado atendimento, mas a mulher morreu ainda no local. O homem também tinha ferimentos.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS