Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
ERRO MÉDICO

Criança de 6 anos morre após receber anestesia para engessar braço quebrado

Segundo a mãe, assim que a anestesia geral foi aplicada, os sinais vitais do menino foram diminuindo

quinta-feira, 25/02/2021, 17:03 - Atualizado em 25/02/2021, 17:02 - Autor: Com informações Portal do Holanda


Imagem ilustrativa da notícia Criança de 6 anos morre após receber anestesia para engessar braço quebrado
| Reprodução/Arquivo pessoal

Um procedimento aparentemente simples levou à morte um menino de apenas seis anos na cidade de Manicoré, no interior do Amazonas, no último sábado (20). A criança havia quebrado o braço ao cair de uma motocicleta com o pai, e teria passado mal após tomar quatro anestesias no hospital da cidade.

A mãe, Sandy Freitas, que registrou ocorrência por negligência médica, explica que o acidente ocorreu na quinta-feira (18). Na ocasião, Samuel e o pai foram levados para o Hospital Dr. Hamilton Cidade, onde precisaram ficar internado. O filho foi diagnosticado com uma fratura e precisava engessar o braço, mas o procedimento demorou dois dias para ser realizado.

Já no sábado à noite, o procedimento para imobilizar o membro foi iniciado, mas o garoto estava agitado e com muita dor e o médico decidiu aplicar anestesia local. Samuel teria recebido três doses do anestésico, porém, ainda continuava sentindo fortes dores.

Sandy estava na sala acompanhando o filho e tentando acalmá-lo. Ela foi informada de que seria melhor anestesiar totalmente a criança e colocá-la para dormir enquanto o braço era engessado.

E, segundo a mãe, assim que a anestesia geral foi aplicada, os sinais vitais do menino foram diminuindo e ela começou a se desesperar. Sandy percebeu que a boca do filho estava ficando roxa e o corpo pálido e alertou o médico.

Imediatamente a equipe médica começou o processo de reanimação e o menino foi levado para outra sala para ser intubado. Algum tempo depois, ela foi informada que o filho não resistiu. 

Sandy acusa negligência médica e quer justiça. Ela afirma que vai entrar com processo na Justiça e que não deixará a morte do filho cair no esquecimento.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS