Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
FIQUE ATENTO!

Ministério da Saúde elabora cronograma de entrega de novo lote de vacinas aos Estados

Imunizante está na Fiocruz, no Rio de Janeiro, onde passa por processo de controle de qualidade e rotulagem em português

quarta-feira, 24/02/2021, 11:07 - Atualizado em 24/02/2021, 11:22 - Autor: Com informações Gaúcha ZH


O Ministério da Saúde elabora a logística para o esquema de envio dos lotes aos Estados, que, em seguida farão a distribuição aos municípios.
O Ministério da Saúde elabora a logística para o esquema de envio dos lotes aos Estados, que, em seguida farão a distribuição aos municípios. | Divulgação

O lote com 2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 da Oxford/AstraZeneca que chegou da Índia ontem (23), já está no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. As ampolas passam pelo controle de qualidade, monitoramento de temperatura e rotulagem em português. Enquanto isso, o Ministério da Saúde elabora a logística para o esquema de envio dos lotes aos Estados, que, em seguida farão a distribuição aos municípios.

O Ministério da Saúde espera que as vacinas sejam entregues ao Programa Nacional de Imunização (PNI) nesta quarta-feira (24). As remessas vão sair do Rio de Janeiro direto para aos Estados. O número de doses para cada estado ainda está sendo definido. 

Ainda não há confirmação de quando as vacinas serão enviadas aos Estados, mas a tendência é de que isso ocorra até sexta-feira (26). Segundo o Ministério da Saúde, "Estados e municípios poderão aplicar a segunda dose caso haja estoque suficiente para finalizar a aplicação da primeira dose no público alvo definido pelo Plano Nacional de Operacionalização Contra a Covid-19".

PARÁ

Vale ressaltar que o estado do Pará foi a unidade da federação que recebeu o menor quantitativo proporcional de vacinas no último repasse feito pelo Ministério da Saúde.

Em razão dos baixos números, o Governo do Estado entrou com um ofício junto ao órgão solicitando explicações do ministro Edeuardo Pazuello.

O governo federal enviou, até o momento, 315.840 doses da vacina para serem distribuídas à população paraense. Esta quantidade é suficiente para imunizar apenas 2,10% dos cidadãos paraenses.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS