Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
CRUELDADE SEM FIM

Criança mantida em cárcere privado era obrigada a comer as próprias fezes

O garoto praticamente não era alimentado e era obrigado a comer seus próprios detritos.

segunda-feira, 01/02/2021, 10:11 - Atualizado em 01/02/2021, 18:23 - Autor: Com informações do Portal Ric Mais


A criança estava extremamente desnutrida.
A criança estava extremamente desnutrida. | Reprodução / PM

No último sábado (30), a Polícia Militar de Campinas, em São Paulo, resgatou um garoto de 11 anos que estava sendo mantido em cárcere privado dentro de um barril. A situação era de desespero: com um telha e uma pia de mármore impedindo a sua saída do barril, seus pés e mãos estavam acorrentados. Após denúncias anônimas, os polícias prenderam o pai,

+ Caso de menino acorrentado era acompanhado por conselho tutelar 

Segundo o 2º Sargento Mike Jason a criança chegou a comer as próprias fezes, porque não davam nem comida para ele. "Quando chegamos, tivemos que usar ferramentas para cortar cabos que o mantinham amarrado. Era uma construção que ficava no topo do barraco, sujeito a sol e chuva", afirmou o sargento.

O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Defesa da Mulher de Campinas. O homem, 31 anos, disse à polícia que uma mulher, usuária de drogas, com quem se relacionou, afirmou que o filho era dele e por essa razão o abandonou para morar com o casal.

Se for condenado, pode receber pena mínima que varia de dois a nove anos. Sua namorada, e a filha dela foram presas por se omitirem perante a situação e nada fizeram para impedir.

O menor está internado no Hospital Ouro Verde, em Campinas e só deve receber alta quando atingir o peso considerado ideal para a sua idade. Após isso, a criança deve ficar com uma tia paterna antes do tramites do conselho tutelar. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS