Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

DECISÃO

No último dia, Maia pode aceitar impeachment contra Bolsonaro

Apoio a presidência da Câmara fez decisão ser tomada.

segunda-feira, 01/02/2021, 08:44 - Atualizado em 01/02/2021, 08:44 - Autor: Diario Online


Rodrigo Maia tem até o dia de hoje para decidir se aceita um dos mais de 50 pedidos de impedimento contra o presidente da República
Rodrigo Maia tem até o dia de hoje para decidir se aceita um dos mais de 50 pedidos de impedimento contra o presidente da República | Agência Brasil

Após decisão de dividir os apoiadores do DEM para a presidência da Câmara, entre a Baleia Rossi (MDB) e Arthur Lira, Rodrigo Maia, que deixa o cargo nesta segunda-feira (1º), disse que não tem outra saída, se não aceitar um dos pedidos de impeachment contra o presidente da República.

Em reunião na noite deste domingo (31), Maia disse que o golpe provocado pelo grupo de Bolsonaro resultou nessa decisão.

O imbróglio ocorreu porque líderes e presidentes de partidos reagiram à informação de que o DEM abandonaria Baleia Rossi (MDB) para apoiar Arthur Lira, candidato do presidente Jair Bolsonaro na disputa pela presidência da Casa.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS