Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

PROJEÇÕES

Efeitos da vacinação só serão sentidos a partir de maio, diz Butantan

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, esclarece que o imunizante irá, primeiramente, diminuir casos de morte e internações.

domingo, 10/01/2021, 09:39 - Atualizado em 10/01/2021, 19:51 - Autor: Com informações do Diário do Nordeste


Vacina irá impedir a gravidade da doença, esclarece Instituto.
Vacina irá impedir a gravidade da doença, esclarece Instituto. | Governo de São Paulo/Fotos Públicas

O Brasil só irá sentir os efeitos da vacinação, de fato, a partir de maio. A previsão é de Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan. Para ele, casos de mortes e internações serão gradativamente percebidos, enquanto a queda no número de casos da Covid-19 somente próximo da metade do ano.

LEIA TAMBÉM:

“Efeito de vacina só a partir de maio desse ano. Antes de maio, não teremos impacto de vacinação na pandemia. Vamos começar a ter diminuição de óbitos, progressiva diminuição de internação, progressiva, mas isso só se vai sentir de fato a partir de maio”, afirmou.

O diretor justifica que o impacto só não é imediato porque as vacinas usadas não impedem a doença, apenas o seu agravamento.

“Ela [a vacina] impede a gravidade da doença. É assim que nós vamos introduzir. Ela vai impedir a gravidade da doença, mas não vai impedir a infecção. No longo prazo, à medida que os casos vão diminuindo, que as pessoas vão sendo imunizadas até naturalmente pelo próprio vírus, a epidemia vai diminuindo”, explicou.

  1. Saúde e Fiocruz avaliam uso de dose única da vacina de Oxford
  2. CoronaVac será submetida à OMS para aprovação de uso global

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS