Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

SAÚDE

Ministério da Saúde e Butantan fecham acordo para distribuição de vacina no SUS

De acordo com comunicado, processo de vacinação deve começar após aprovação da Coronavac pela Anvisa.

domingo, 10/01/2021, 08:18 - Atualizado em 10/01/2021, 08:18 - Autor: Com informações de IG


Pedido para uso emergencial da Coronavac deve ser analisada pela Anvisa em até 10 dias.
Pedido para uso emergencial da Coronavac deve ser analisada pela Anvisa em até 10 dias. | Divulgação/Instituto Butantan

O Ministério da Saúde informou na tarde deste sábado (09) que assinou um acordo com o Instituto Butantan para distribuir doses da Coronavac para todos os estados. O imunizante, de acordo com a pasta, vai fazer parte do Programa Nacional de Imunização e deve ser distribuído gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“A vacinação é um ato de amor", diz técnicas em enfermagem sobre a imunização contra a covid-19

Em comunicado, o ministério disse que a vacinação deve começar “tão logo os imunizantes receberem a autorização da Anvisa”. O Butantan  enviou a documentação para a agência reguladora na última sexta-feira (08) e deve receber a sinalização para o uso emergencial da vacina em até 10 dias.

O acordo entre o Ministério da Saúde e o instituto foi firmado após uma reunião realizada na sexta-feira, em que técnicos e membros do Butantan discutiram a eficácia da vacina, fabricada em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Na quinta-feira (07), o Governo do Estado anunciou que a Coronavac tem 78% de eficácia .

"Assim, brasileiros de todo o país receberão a vacina simultaneamente, dentro da logística integrada e tripartite, feita pelo Ministério da Saúde e as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde", afirmou a pasta comandada por Eduardo Pazuello .

Em coletiva para informar a negociação com farmacêuticas para a aquisição de imunizantes, Pazuello afirmou que o Governo Federal requisitou a compra de 46 milhões de doses da vacina do Butantan . O instituto, horas depois do anúncio, confirmou o pedido.

No comunicado emitido neste sábado, o Ministério da Saúde informa que as doses da Coronavac serão distribuídas conforme a população de cada estado. Entretanto, ainda não há uma data prevista para o repasse dos imunizantes.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS