Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

CRIME CHOCOU CIDADE

Menino de 12 anos que vendia pastéis é morto após discussão por R$ 1

Mulher se trancou em casa após esfaquear criança

quinta-feira, 07/01/2021, 18:49 - Atualizado em 07/01/2021, 18:49 - Autor: Com informações do portal BHAZ


| Reprodução

Um menino de 12 anos que vendia pastéis foi morto a facadas por uma mulher após um desentendimento por causa de R$ 1. O crime foi cometido na cidade de Rubim, no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, nessa quarta-feira (6). A criança vendeu os salgados aos filhos da agressora, uma mulher de 39 anos, antes da discussão.

Segundo informações da Polícia Militar de Minas Gerais, o menino Kaíke Júnior Moreira da Silva passou na casa da mulher vendendo pastéis, e os dois filhos dela compraram o salgado. Depois de receber o pagamento, o menino percebeu que faltava R$ 1 e cobrou o dinheiro das crianças.

Segundo depoimento da suspeita, Kaíke teria discutido e “avançado para cima” dos filhos dela, antes de virar de costas para deixar o local. A mulher, então, pegou uma faca e desferiu golpes nas costas da criança. O menino teria chegado a pedir ajuda para pessoas que estavam ao redor, e a suspeita se trancou em casa.

Uma testemunha viu Kaíke caído ao chão, sendo ajudado por um vizinho que mora na região, e uma viatura da Polícia Militar logo chegou ao local. A criança ainda foi levada ao hospital Deraldo Guimarães, na cidade de Almenara, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A PM conversou com a mulher, que estava trancada em casa, e a convenceu a se entregar. Na janela da residência, foram encontradas e apreendidas cinco facas. A autora foi presa em flagrante e levada à Delegacia de Polícia Civil de Almenara. O corpo de Kaíke Júnior foi levado ao IML (Instituto Médico-Legal) de Almenara.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS