Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

VIOLÊNCIA SEXUAL

Homem filmado indo estuprar adolescente 'detalhou friamente o fato', diz Polícia

Vítima foi abordada em parada de ônibus e crime foi cometido dentro de galpão abandonado

segunda-feira, 04/01/2021, 16:52 - Atualizado em 04/01/2021, 16:52 - Autor: Com informações do Diário do Nordeste


| Reprodução

Um homem que trabalha como flanelinha foi detido, na manhã deste domingo (3), suspeito de ter estuprado uma adolescente de 13 anos dentro de um galpão abandonado, em Fortaleza, no Ceará, no primeiro dia de 2021. Segundo o comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Hideraldo Bellini, o acusado “detalhou friamente o fato”. 

■ Panela salva a vida de ambulante baleado por assaltante

■ Imagens fortes! Vídeos mostram momento em que menina de 5 anos é morta por tiro

Segundo informações do portal Diário do Nordeste, a Polícia Militar do Ceará recebeu denúncia anônima informando onde o suspeito morava, no bairro Nova Metrópole, em Caucaia, na Região Metropolitana. Lá, a namorada dele relatou aos agentes da Força-Tática que o homem estava na Praça da Bandeira, no Centro de Fortaleza, onde trabalhava como flanelinha. Viaturas foram ao local indicado, e os agentes prenderam o suspeito, na manhã do último domingo (3).

"Ao ser mostrada a imagem dele com a adolescente, ele, de forma muito fria, narrou todo o fato, e informou que se drogou para fazer aquilo. Eu acredito que ele seja psicopata. Não só a vítima o reconheceu, como ele detalhou friamente o fato, como se tivesse contando uma história", comentou o comandante do 12° BPM.

ESTUPRO

A adolescente estava em uma parada de ônibus e iria para a casa da madrinha dela, quando foi ameaçada pelo suspeito com um gargalo de garrafa. Conforme a mãe da adolescente, o caso ocorreu em torno de 9h. “Ela disse que passaram várias pessoas, mas ele disse que se ela tivesse alguma reação, ele furaria o pescoço dela”, ressaltou a mãe da vítima. 

Imagens de videomonitoramento de um estabelecimento próximo, obtidas pela Polícia Militar, mostram os dois atravessando a Mister Hull em direção ao viaduto do Antônio Bezerra. O homem segura a adolescente com os braços em volta do pescoço dela. 

Logo após a prisão do suspeito, no domingo (3), a vítima e a mãe dela estiveram na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), no bairro Couto Fernandes, em Fortaleza, para reconhecer o agressor e prestar depoimento.

A adolescente fez exame de corpo de delito para constatar as agressões e já tomou medicações.

VÍTIMA COSTUMAVA FAZER TRAJETO

Em entrevista ao portal Diário do Nordeste, a mãe da vítima contou que, na manhã do dia 1º de janeiro, a adolescente pediu para ir à casa da madrinha. A garota recusou a companhia da mãe no trajeto até a parada de ônibus, na Avenida Mister Hull, já que a rua estava movimentada. “Ela disse: não, mãe, a rua está cheia de gente. Infelizmente deixei porque ela sempre tem costume de pegar esse ônibus”, lembra.

Enquanto a adolescente esperava o coletivo chegar, outras pessoas da parada foram embora, e ela ficou sozinha. Um rapaz chegou ao local e começou a puxar conversa, perguntando onde ela morava. Em seguida, ele tirou um gargalo de garrafa do bolso e a ameaçou, mandando acompanhá-lo lado a lado. 

A mãe estranhou que, cerca de duas horas depois, a menina não havia ligado para dizer que tinha chegado. Ela também não estava mais na parada. O celular da madrinha estava desligado.

SEM REAÇÃO

A menina foi conduzida até um galpão abandonado na área e, então, estuprada. Após o ato, o criminoso ordenou que a menina permanecesse onde estava. Contudo, ao não avistá-lo mais, ela correu, pulou um muro e acabou ferindo as pernas. A adolescente procurou ajuda de populares, que acionaram uma patrulha.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS