Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

ELEIÇÕES 2020

Candidato a prefeito agride jornalistas durante entrevista

TRE suspeita que o candidato estava fazendo boca de urna quando agrediu equipe de reportagem

domingo, 15/11/2020, 17:08 - Atualizado em 15/11/2020, 17:10 - Autor: Com informações revistaforum


O delegado Sérgio Leocádio (PSL), agrediu uma equipe de reportagem do site Tribuna do Norte
O delegado Sérgio Leocádio (PSL), agrediu uma equipe de reportagem do site Tribuna do Norte | Reprodução

O candidato à Prefeitura de Natal (RN), o delegado Sérgio Leocádio (PSL), agrediu uma equipe de reportagem do site Tribuna do Norte na manhã deste domingo (15/11) em uma das regiões de maior votação da zona sul da cidade, na UNP da Avenida Engenheiro Roverto Freire.

De acordo com a imprensa local, Leocádio estava na região, apesar de não votar no local. Ao ser abordado pela equipe, arrancou o celular do repórter Ícaro Carvalho, que foi entrevistá-lo.

Segundo a Tribuna do Norte, o candidato disse que “não fala com a imprensa e fez acusações sobre suposto favorecimento a outros candidatos”.

O delegado também teria feito ameaças ao fotográfico Magnus Nascimento e até arrancando a máscara do profissional. Pessoas que acompanhavam o candidato também ameaçaram a equipe.

A juíza da 3ª zona eleitoral de Natal, Hadja Rayanne, informou que o TRE vai analisar o caso.

“A gente precisa analisar e comunicar o promotor, a fim de averiguar essa questão de forma mais aprofundada. É possível configurar boca de urna sim e é possível afirmar que seja boca de urna nesse caso específico? Não. Teremos que verificar de acordo com a atitude do candidato, ver o que ele estava fazendo por lá para podermos averiguar. Nesse momento, o procedimento é comunicar ao Ministério Público”, disse.

LEIA TAMBÉM!


O Sistema Tribuna de Comunicação emitiu nota se solidarizando com os jornalistas pelas agressões sofridas durante o trabalho de cobertura das eleições municipais.

“O violento episódio protagonizado pelo candidato a Prefeito de Natal, diante de uma simples pergunta sobre o processo eleitoral, foi incompatível com a posição de quem se propõe a administrar uma cidade, mas até mesmo com as regras de convivência em uma sociedade democrática. Ameaçar ou agredir fisicamente um jornalista é próprio das ditaduras, não de democracias”, afirma a empresa.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS