Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

INVESTIGAÇÕES

Laudo aponta morte por combinação de medicamentos e não por teste da vacina CoronaVac

O voluntário teria recebido a dose em 29 de outubro, 25 dias antes de o evento adverso acontecer.

quinta-feira, 12/11/2020, 21:14 - Atualizado em 12/11/2020, 23:20 - Autor: Com informações da TV Globo


Testes da nova vacina contra a Covid-19 chegaram a ser suspensos
Testes da nova vacina contra a Covid-19 chegaram a ser suspensos | GOVESP

A causa da morte do químico de 32 anos, voluntário que participava dos testes da vacina CoronaVac foi causada por uma combinação de medicamentos que não estão relacionadas com o imunizante.

VEJA TAMBÉM:

A informação foi fornecida pela reportagem da TV Globo, que teve acesso ao laudo do exame toxicológico, no qual foi detectada presença de álcool no sangue, grande quantidade de sedativos e um analgésico cirúrgico cem vezes mais potente que uma morfina.

Na última quarta-feira (11), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a retomada dos testes da vacina CoronaVac, produzida pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, depois que foram suspensos devido ao chamado “evento adverso grave”.

O voluntário teria recebido a dose em 29 de outubro, 25 dias antes de o evento adverso acontecer.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS