Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

PRONTA PARA EMBARCAR

Mulher passa mal ao engolir camisinhas cheias de cocaína e é presa em hospital

Ela foi detida em um hospital em Itaquera, na zona leste da cidade de São Paulo.

terça-feira, 29/09/2020, 16:05 - Atualizado em 29/09/2020, 16:05 - Autor: FOLHAPRESS


A droga estava acondicionada dentro de preservativos.
A droga estava acondicionada dentro de preservativos. | Reprodução

Uma mulher de 35 anos foi presa na tarde desta segunda-feira (28), após passar mal e a polícia constatar que ela havia engolido 20 cápsulas de cocaína líquida. Ela foi detida em um hospital em Itaquera, na zona leste da cidade de São Paulo. A droga estava acondicionada dentro de preservativos.

Antes de ir à unidade de saúde, a suspeita estava no Aeroporto Internacional de Guarulhos (Grande SP), onde, segundo ela disse à polícia, pretendia embarcar para Londres.

De acordo com a Polícia Militar, ela receberia R$ 20 mil para levar a droga, escondida no estômago, até a Europa.

Segundo a polícia, a mulher disse que começou a passar mal quando estava no saguão do aeroporto da Grande SP, onde expeliu 15 cápsulas, recolhidas por um suposto aliciador, que fugiu em seguida.

Leia mais:

Giovanni Maiorana segue impune e curte a vida sem responder pela morte de duas pessoas

Pará investe em tecnologia para a proteção de mulheres vítimas de violência

Na sequência, ainda segundo relatado pela suspeita à polícia, ela foi para casa, região não informada, onde tentou expelir o restante da droga, mas sem sucesso. Por fim, ela foi ao hospital. Após retirarem cinco preservativos do estômago da mulher, dentro dos quais havia a droga, profissionais da saúde acionaram a PM.

O caso foi encaminhado à Delegacia da Polícia Federal do aeroporto, onde foi registrado como tráfico internacional de drogas.

A suspeita permanecia internada, sob escolta policial, até a publicação desta reportagem.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS