Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

IMAGENS FORTES

Irmão de prefeito mata candidato a vereador durante live; veja o vídeo!

Cassio Remis morreu após ser atacado durante uma live pelo irmão de prefeito.

sexta-feira, 25/09/2020, 10:24 - Atualizado em 25/09/2020, 10:24 - Autor: Com informações do Hoje em Dia


Antes de matar, assassino já havia atacado Cassio Remis durante uma live.
Antes de matar, assassino já havia atacado Cassio Remis durante uma live. | Reprodução

Cassio Remis (PSDB), candidato a vereador, foi morto a tiros na última quinta-feira (24), após ser atacado durante uma live. Segundo a polícia, o irmão do prefeito, Jorge Marra, é o autor do crime. 

Policial passa por cima de pescoço de manifestante com bicicleta; veja o vídeo

Caixa deposita auxílio de R$ 600 e libera saque de R$ 300; veja quem recebe

A vítima era candidato a vereador em Patrocínio (MG). Antes de ser morto, o homem estava em uma avenida mostrando o processo de revitalização, quando alegou durante a transmissão ao vivo, que funcionários da Prefeitura eram usados para fazer serviços particulares em frente a uma residência que seria o comitê de campanha do atual prefeito, Deiró Moreira Marra. Nesse momento, o assassino saiu de um veículo, pegou o aparelho da vítima e voltou ao carro.

O candidato a vereador foi atrás de Jorge Marra, que estava na Secretaria de Obras. Na porta do local, a vítima tentou pegar o aparelho de volta, mas foi atingido pelos tiros. O irmão do prefeito, fugiu após o crime.

ATENÇÃO: O VÍDEO CONTÉM IMAGENS FORTES

Atualmente, Jorge Marra ocupa o cargo de secretário de Obras. Após o crime, a Prefeitura informou que se pronunciaria durante coletiva para a imprensa.

Veja abaixo:

"Quero inicialmente dizer que nós estamos, de forma muito consternada, com tudo que aconteceu, com dor e com muito pesar que a gente percebe isso. Lamentamos tudo que aconteceu e essa sequência de fatos absolutamente injustificáveis, que culminaram na morte do vereador Cássio Remis por disparo de armas de fogo, infelizmente pelas mãos do meu irmão, Jorge Marra. Esperamos que todos os fatos sejam elucidados e apurados de forma transparente pelas polícias, com a mais absoluta isenção de tudo isso. É um fato que choca todos nós. Digo aqui que todas minhas diferenças de campo político sempre foram resolvidas através do debate, jamais tive qualquer atitude fora desse campo. Infelizmente não conheço e não sei de nenhum fato e de nenhuma ação que culminou nessa tragédia, mas posso aqui externar minhas condolências à família do vereador Cássio Remis. Em consideração ao posto que ele ocupou e sua trajetória estamos decretando luto oficial por três dias", disse aos jornalistas.

Possível suicídio do irmão

A princípio, foi especulada a informação de que o assassino tinha se matado. Sobre o assunto, o prefeito disse que não está ciente.

"Eu não sei disso, não tenho contato com ele. Despachei com ele aqui por volta de 13h30/14h. Despachamos coisas da secretaria. É fake news", afirmou.

Deiró também disse que não tem notícias nem do paradeiro do irmão, mas disse que acredita que ele possa fazer a defesa dele. "Este é um governo de tranquilidade e de diálogo, então um caso desse nos deixa fora, mas estamos confiando na Polícia Civil e Militar para apurar as nuances. Tem muito mais para ser esclarecido nesse momento", comentou.

Para a polícia, Jorge Marra é considerado fugitivo. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS