Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Brasil

"FREEDOM KICK"

Coletivo polemiza após jogar futebol com uma réplica da cabeça de Bolsonaro

O projeto também traz peças similares à imagem de Donald Trump e Vladimir Putin

segunda-feira, 14/09/2020, 22:09 - Atualizado em 14/09/2020, 22:28 - Autor: Com informações do UOL


Muitas pessoas comentaram que gostariam de jogar futebol com a cabeça do presidente.
Muitas pessoas comentaram que gostariam de jogar futebol com a cabeça do presidente. | Reprodução Instagram

Um vídeo produzido pelo coletivo de arte Indecline viralizou e polemizou após mostrar uma escultura da cabeça do presidente Jair Bolsonaro sendo usada como bola de futebol.

Empresa comercializa cabeça decapitada de Jair Bolsonaro

O vídeo foi divulgado nesta segunda-feira (14). A ação foi divulgada no Instagram oficial do grupo e faz parte do projeto 'Freedom Kick' ("chute de liberdade", em português), que também tem peças similares à imagem de Donald Trump e Vladimir Putin.

No texto da publicação, o coletivo afirma: "Embora aqueles que têm o poder gostem de tratar política como uma brincadeira, para muitos, há muita coisa em jogo. Futebol sempre foi um esforço coletivo, algo que envolve comunidade e organização, enquanto a ditadura é mais individual. É como dizem, só há uma bola. Essa é uma metáfora perfeita para os nossos chefes de Estado; e o nosso trabalho é chutá-los até encontrarmos uma maneira de transformar nossos esforços individuais numa vitória coletiva".

Ver essa foto no Instagram

According to Trump’s doctor his health is “astonishing,” which means he should be in decent enough to shape to enjoy a little football, as long as everybody stands for the flag, of course. There is irony in the fact that America’s cartoon dictator finally gets to visit his wall and see what those in Mexico think of it from such an intensely close perspective. It makes for a decent ball stop, although doubtful it slows migration near as much as his belligerent, white supremacy. If America is so much greater during his tenure, how come people don’t seem as enthusiastic about coming over? Based on the athleticism displayed here, it certainly isn’t the wall. Football, with its emphasis on teamwork and collective sacrifice, has always crossed borders with ease, but so have different kinds of ideology. Nationalism is a plague too, and at its outset, it was just as hard to predict its effect on our culture and politics. It spread quietly on the Internet, which means no one was watching to ensure fair play. And now, America is learning the hard way how fragile democracy can be. Freedom Kick is an appeal to the American sense of justice as a match between two opposing teams. The rules are meant to protect us from cheaters. We believe it is time to reset the game, before we have to spend another four years watching a cheeseburger-scarfing, bloviating mess hobble up and down the pitch spreading hate. The game should be beautiful, if nothing else. After all, football is a game of love. Let’s hold our heads of state accountable. Or else they will hold us accountable for our apathy. INDECLINE x @eugeniomerinoestudio

Uma publicação compartilhada por INDECLINE (@indeclineofficial) em 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS